Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE ABRIL DE 2019
18 de OUTUBRO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Jovem é morto com 30 tiros de fuzil em MS

Caso é o quinto com morte na fronteira
Crime chamou a atenção de moradores do bairro - Foto: Foto: Porã News

Danilo Solis Morinigo, de 20 anos, foi executado a tiros de fuzil em frente à família, ontem (18), em Ponta Porã. Os criminosos anunciaram serem da polícia e mandaram todos os familiares deitarem no chão antes da execução.

 

De acordo com o site Porã News, três pistoleiros chegaram em um veículo Fiat Strada vermelho e dois desceram armados com fuzis calibre .5,56, dizendo serem policiais. Após mandaram a vítima e os familiares deitarem no chão, efetuaram os disparos e fugiram em seguida.

 

Moradores da região acionaram a Polícia Militar, que esteve no local com uma equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG). A polícia suspeita que o crime seja um acerto de contas do crime organizado.

 

O jovem estava em regime semiaberto, cumprindo pena por roubo de veículos, e seria parceiro das duas mulheres encontradas mortas na manhã de ontem (17), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã.

 

ONDA DE HOMICÍDIOS NA FRONTEIRA

A morte de Danilo é a quinta na fronteira na quarta-feira, mais duas mulheres e dois homens foram executados. Na madrugada, um homem de 26 anos foi baleado; na parte da manhã, os corpos de duas mulheres foram encontrados com marcas de tiros; e por volta de 12h, o piloto brasileiro Mauro Alberto Parra, de 58 anos, foi executado com tiros de fuzil, no centro de Pedro Juan Caballero.

 

Segundo o site ABC Color, em sete dias, mais de dez homicídios foram registrados e, de acordo com o apurado pelo site, haveria mais nomes na lista dos criminosos.



Untitled Document
Últimas Notícias
Conselho Estadual de Agrotóxicos elabora plano para difusão do Manejo Integrado de Pragas em MS
Adolescente morre após ser agredido com enxada
Com faca, homem ameaça e rouba bolsa de mulher
Untitled Document