Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 15 DE AGOSTO DE 2018
09 de MAIO de 2018 | Fonte: O Globo

Caso Marielle: delator diz que está jurado de morte por miliciano

Testemunha afirma que, da cadeia, ex-PM controla favelas da região de Jacarepaguá
Marielle Franco, vereadora assassinada com quatro tiros no dia 14 de março, no Estácio. - Rafaela Cassiano / Agência O Globo

A testemunha que revelou detalhes ao GLOBO sobre a execução da vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, disse que está ameaçada de morte por Orlando Oliveira de Araújo, o ex-PM Orlando de Curicica, preso em Bangu 9 desde outubro do ano passado. Da cadeia, o miliciano ainda controla favelas da região de Jacarepaguá. O delator se afastou da milícia em setembro do ano passado. O GLOBO revelou detalhes de uma nova denúncia da testemunha que também revela o assassinato de dois sócios e quanto a milícia da região de Jacarepaguá fatura por mês com a exploração do "gatonet".



Untitled Document
Últimas Notícias
Guincho do Exército tomba durante resgate de blindado; veja vídeo
Estudante de MS vai à Olimpíada Brasileira de Robótica
Bolsonaro é o sétimo a registrar candidatura à Presidência
Untitled Document