Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2018
28 de FEVEREIRO de 2018 | Fonte: Lance Net!

Ex-base do Palmeiras, atacante do Ceará é um dos artilheiros do país em 2018: 'Não passava pela cabeça'

Aos 19 anos, o atacante Arthur, destaque do time cearense, já marcou seis gols na temporada e comemora a boa fase goleadora. Passagem pelo Verdão foi em 2015
Arthur - Ceará
Arthur marcou seis gols em 2018 e é um dos maiores goleadores entre os clubes de Série A (Foto: Divulgação/Ceará)

Início de temporada e os famigerados estaduais tomam conta do calendário brasileiro, alguns gostam, outros desaprovam, mas basta ter um pouco mais de vontade para encontrar bom futebol e gratas surpresas país afora. Uma delas está no futebol cearense, mais especificamente no Ceará e atende pelo nome de Arthur, um dos artilheiros do ano entre os clubes de Série A, com seis gols.

 

Com passagem curta, por empréstimo, pelas categorias de base do Palmeiras em 2015, o jogador começou a ser aproveitado na equipe principal do Ceará no ano passado, quando marcou gols importantes na campanha do acesso à divisão principal do Brasileirão. Em 2018, Arthur passou a ter papel preponderante em seu time e falou ao LANCE! sobre o bom momento que vive com a camisa do Vozão.

 

- O ano começou muito bem. Estou aproveitando as oportunidades, tendo boas atuações, conseguindo fazer gols e mostrando meu trabalho. Méritos para a nossa equipe que está muito bem nas três competições (Cearense, Copa do Brasil e Copa do Nordeste) - declarou o atacante antes de relembrar sua temporada passada, que pavimentou o caminho até a fase atual:

 

- Em 2017 foi praticamente meu primeiro ano nos profissionais do Ceará, após a Taça São Paulo. Na verdade no meio do ano pra frente as oportunidades apareceram com mais freqüência. Disputei 22 jogos, seis como titular, mas foi muito importante pra mim. Participei da conquista do Cearense e ajudei com gols importantes na luta pelo acesso que nos deu a vaga para jogar a Série A. Foi o ano de transição para me firmar de vez como jogador profissional.

 

A boa fase faz de Arthur um dos três artilheiros da temporada entre os clubes que disputarão a Série A em 2018. Ao lado dele, também com seis gols, estão Marcos Júnior, do Fluminense, e Neilton, do Vitória. No entanto, esses números e esse status não tiram o foco do jovem de 19 anos (completará 20 em abril deste ano), que tem a cabeça voltada para o sucesso do time.

 

- A gente sempre acompanha o noticiário e o pessoal também envia os dados dos jogos. Estar entre os artilheiros da Série A nesse início de temporada não passava pela minha cabeça. Eu sempre pensei em aproveitar ao máximo as chances. É muito bom estar disputando essa artilharia com jogadores renomados, mas o objetivo é sempre ajudar o Ceará - comentou.

 

Um dos fatores que colaboram para que Arthur acumule cada vez mais experiência como titular no profissional é a maratona do Ceará atuando em três competições simultâneas, o que o leva o time alvinegro a ser o que mais tem jogos oficiais em 2018 entre os que disputarão a Série A, ao todo o Vozão entrou em campo 14 vezes neste ano.

 

- Essa maratona encaramos da melhor maneira possível. A equipe que fez mais jogos até agora é a nossa, o elenco tem suportado bem. Isso é importante, pois todo mundo fica com ritmo de jogo. Particularmente é muito bom. Nessa temporada já disputei seis jogos como titular, o mesmo número que atuei como titular em 2017.

 

Atualmente vivendo ótima fase pelo Ceará, onde está desde as categorias de base, Arthur teve a uma passagem pelo sub-17 do Palmeiras, em 2015, porém a experiência no clube paulista durou pouco e ele acabou retornando para o Nordeste.

 

- Cheguei ao Ceará em 2014, meu primeiro clube. Passei por outros, mas apenas fazendo avaliações. Em 2015 fui emprestado para o Palmeiras por um período curto de 5 meses. Não me adaptei e não mostrei meu futebol. O treinador na época optou por me deixar fora da Copa São Paulo. Foi ai que, em conjunto com meu empresário, decidimos retornar ao Ceará, onde em 2016 disputei a Copinha - explicou o atacante.

 

Nascido em 1998, Arthur se declara fã de Ronaldo Fenômeno desde pequeno, imitando corte de cabelo, usando o mesmo número de camisa e estendendo a idolatria até para o vídeo game, mas segundo o próprio jogador, seu estilo de jogo é mais parecido com o de outros personagens do futebol mundial.

 

- Desde criança sou muito fã do Ronaldo Fenômeno. Sempre usava a camisa nove nas escolinhas e nos jogos por causa dele. Até corte de cabelo fiz igual ao dele. No vídeo game sempre joguei com os times em que ele atuava. Minhas características fogem um pouco da dele. Ele tinha mais mobilidade. Eu também procuro assistir o Ibrahimovic, Diego Costa e o Fred por ter um estilo parecido com os deles - contou.

 

Embora não negue que a Série A do Brasileirão seja muito importante no calendário do Ceará, Arthur prioriza as competições que disputa atualmente antes de pensar em um campeonato que ainda nem começou.

 

- No momento nos tentamos pensar o mínimo possível na Série A. É uma competição de muita expressão, mas estamos no meio de três torneios importantes. Tudo no seu tempo. A hora vai chegar. O foco total está voltado para a o Cearense, Copa do Nordeste e Copa do Brasil - concluiu.

 

Arthur e seus companheiros estarão em campo nesta quarta-feira, às 21h30, para enfrentar o Atlético-PR, em Curitiba, pela partida de ida da 3ª fase da Copa do Brasil.



Untitled Document
Últimas Notícias
Avião cai minutos após decolar e piloto morre em MS
Incêndio de grandes proporções atinge hotel em Campo Grande
Assembleia inicia credenciamento de veículos para solenidades em 2019
Untitled Document