Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2018
31 de JANEIRO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Polícia de São Paulo apreende carga milionária de cocaína que saiu do MS

Duas carretas foram flagradas com 331 quilos da droga em SP
Cocaína apreendida em fundo falso de carreta (Foto: Divulgação)

O Batalhão Rodoviário da Polícia Militar de São Paulo apreendeu ontem (30), no interior do estado, 331 quilos de cocaína que saíram de Mato Grosso do Sul. A droga, avaliada em aproximadamente R$ 9,9 milhões, era transportada em duas carretas conduzidas por um campo-grandense de 40 anos e um morador em Ponta Porã de 32 anos.

 

Os fatos demonstram a facilidade que o crime organizado encontra para enviar as remessas via território sul-mato-grossense, graças às falhas da fiscalização na fronteira com a Bolívia e o Paraguai. Em grandes centros do Brasil, o quilo da cocaína pura chega a valer R$ 30 mil.

 

De acordo com a PM, uma das ocorrências aconteceu na Rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), sentido ao município de Marabá Paulista (SP). Durante fiscalização, os militares abordaram o veículo conduzido pelo campo-grandense, que levava milho a granel. O homem demonstrou nervosismo ao ser questionado a respeito do destino e origem da viagem.

 

Os policiais desconfiaram do comportamento e decidiram verificar a carga com mais cuidado, oportunidade em que encontraram 118 tabletes de cocaína em um fundo falso. A droga atingiu a marca de 125 quilos. Diante do flagrante, o motorista disse que foi contratado em Dourados para levar o material até Itu (SP). Pelo serviço receberia R$ 20 mil. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

 

MAIS DROGA

O outro flagrante foi na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em circunstâncias semelhantes às do primeiro caso. Na altura do quilômetro 648, em Presidente Venceslau (SP), os policiais pararam para fiscalização a carreta com placas de Ponta Porã, conduzia por um ponta-poranense. Ele também demonstrou nervosismo, fazendo com que a equipe desconfiasse e decidisse checar a carga de milho a granel.

 

Na carroceria, havia compartimento oculto com 206 quilos de cocaína. Ele disse ter recebido o veículo preparado na fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai, com o objetivo de entregar em Boituva (SP). Como recompensa, receberia R$ 20 mil. O homem também recebeu voz de prisão. Não é descartada hipótese de que as cargas tenham sido expedidas pelo mesmo grupo.



Untitled Document
Últimas Notícias
Caminhão roubado é encontrado em Juti com 274 quilos de maconha
Possível contratação de Vagner Love divide Flamengo
Pesquisa da CNI mostra que 76% das indústrias investiram em 2017
Untitled Document