Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 20 DE AGOSTO DE 2018
22 de JANEIRO de 2018 | Fonte: Campo Grande News

Professor é preso por assediar alunos de escola pública

O suspeito enviava vídeos íntimos, pedia outros em troca e conforme a polícia também oferecia dinheiro aos meninos.

Um professor substituto da rede municipal de ensino de Campo Grande-MS foi preso na manhã desta segunda-feira (22/01) por ser suspeito de tentar explorar sexualmente pelo menos quatro adolescentes. As vítimas são todos meninos com idades entre 14 e 17 anos. O suspeito enviava vídeos íntimos, pedia outros em troca e conforme a polícia também oferecia dinheiro aos meninos.

 

Segundo o delegado titular da Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente), Paulo Sérgio Lauretto, o caso chegou a conhecimento da polícia por meio da Devir (Delegacia Virtual).

 

A polícia foi até a escola e lá as vítimas confirmaram os assédios. “As conversas entre professor e alunos eram por WhatsApp e Messenger. Uma das famílias nos entregou diversos prints que comprovam a ação”, detalha o delegado.

 

Em um dos casos, de acordo com Lauretto, o professor chegou a surpreender um dos alunos dentro do banheiro da escola onde pegou no pênis dele. “Nenhuma das vítimas sabia da existência da outra”, comenta.

 

O suspeito tem 34 anos e foi preso na casa dele, localizada na Vila Popular, em Campo Grande. Ele deve ser ouvido ainda esta tarde. “A prisão preventiva foi pedida, pois entendemos que esse professor poderia fazer mais vítimas ou até mesmo chegar a consumar o que insinuava pelas conversas”, revela.



Untitled Document
Últimas Notícias
Em busca de alternativas para os venezuelanos, Temer reúne ministros
Feira 4.0 cumpre a missão de aproximar negócios da inovação e tecnologia
Estudante brasileira de medicina é assassinada na fronteira
Untitled Document