Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
03 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Globo Esporte

Corinthians discute nomes para o ataque; Júnior Dutra, do Avaí, vira opção

Com seis gols na Série A, atacante atende a perfil considerado ideal para reserva de Jô
Júnior Dutra é um dos destaques do Avaí no Brasileirão (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

A busca por um novo reserva para Jô começou no Corinthians. Diretoria e comissão técnica analisam nomes de possíveis contratações para 2018 e sondam o mercado. Neste contexto, um nome aparece na lista: Júnior Dutra, do Avaí.

 

Aos 29 anos e com passagens por Atlético-PR, Santo André, Vasco e futebol de Japão, Bélgica e Qatar, o centroavante se encaixa no perfil que o Timão busca: barato, com boa experiência e qualidade suficiente para fazer sombra ao artilheiro do Timão.

 

Principal goleador do clube catarinense no Campeonato Brasileiro, com seis gols, Dutra é apenas um dos jogadores analisados pelo Corinthians. O clube avalia outras opções no Brasil e no exterior, mas já descartou fazer grandes investimentos.

 

– Vamos conversar sobre o planejamento mais para o final deste mês, o que nao impede que a gente já veja nomes. Estamos observando, conversando... Começamos a discutir o ano que vem, eu, Carille e Alessandro (Nunes, gerente de futebol), temos feito reuniões com a comissão técnica e o Cifut – afirmou o diretor de futebol alvinegro, Flávio Adauto, que disse que não revelaria nomes que estão na mira ou posições que o clube deseja reforçar.

 

Dutra tem contrato com o Avaí apenas até o fim do ano, o que facilita uma eventual negociação.

 

Em 2017, Gabriel, Jadson, Jô e Fellipe Bastos chegaram em condições semelhantes: estavam livres no mercado quando foram contratados, exigindo apenas um acordo no pagamento de luvas. Para o ano que vem, a fórmula deve se repetir com outros reforços.

 

O Corinthians, hoje, tem o experiente Kazim e o garoto Carlinhos como opções a Jô. O primeiro não convenceu, fez apenas dois gols na temporada e não sabe se fica em 2018. O segundo foi artilheiro da Copa São Paulo no início do ano, com 11 gols, tem só um jogo pelo profissional, mas ainda não é considerado pronto pela comissão técnica.

 

Jô, por sua vez, é titular incontestável do Corinthians. Com 20 gols no ano, 13 deles no Brasileirão, o atacante se recupera de uma contratura na panturrilha esquerda e deve voltar ao time contra o Coritiba, dia 11, às 21h (de Brasília), em Itaquera.



Untitled Document
Últimas Notícias
Executiva do PSDB fecha questão a favor da reforma da Previdência
Governadores do Codesul enviam reivindicações a Temer
Rapaz é preso com maconha e skunk em mochila
Untitled Document