Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
05 de JULHO de 2017 | Fonte: Globo Esporte

Entenda o que separa Dorival do São Paulo; clube indica que não venderá mais atletas

Reunião tem saldo positivo para os dois lados. Treinador está empolgado com possibilidade, e Tricolor transmite ao profissional intenção de não negociar mais jogadores
Dorival Júnior conversou com dirigentes do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Dorival Júnior quer treinar o São Paulo e está empolgado com a possibilidade. A reunião entre o técnico e o diretor de futebol Vinicius Pinotti, na última terça-feira, em Florianópolis, deixou boa impressão para os dois lados.

 

A conversa foi considerada de alto nível. A parte financeira da negociação foi deixada para um segundo momento. A intenção é definir um contrato válido até o fim de 2018. A escolha final pela contratação ou não será do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

 

O dirigente, inclusive, citou interesse recíproco e falou em definir com ele ou outro nome nos próximos dias. Internamente, no entanto, o acerto com Dorival é visto como natural, a não ser que algo considerado "fora da curva" aconteça nos próximos dias.

 

Mesmo que acerte com o Tricolor, Dorival não deverá dirigir o time no clássico com o Santos, domingo, na Vila Belmiro, por questões familiares a serem definidas nesta semana em Florianópolis. O auxiliar Pintado está avisado de que comandará os treinos e a equipe no San-São.

 

Na conversa com Dorival, o São Paulo transmitiu ao técnico a intenção de não vender mais jogadores para o restante da temporada. Inclusive Rodrigo Caio, jogador de seleção brasileira e alvo constante nas janelas europeias. O comandante gosta do futebol do zagueiro.

 

Cueva, principal jogador do início da temporada e em queda de rendimento, é outra peça visada na janela, mas o São Paulo diz até o momento não ter recebido proposta pelo peruano.

 

O comentarista Caio Ribeiro, porém, tem a informação de que Rodrigo Caio e Cueva receberão propostas concretas nesta janela de transferências. 

 

Neste ano, as principais saídas foram de David Neres, Lyanco, Luiz Araújo, Maicon e Thiago Mendes. Reforços como Lucas Pratto, Jucilei e Petros, entre outros, foram contratados. O treinador considera que o elenco tricolor tem uma boa base.

 

Na reunião de terça, o São Paulo também falou em buscar peças pontuais. Uma delas é considerada praticamente acertada: Matheus Jesus, volante ex-Ponte Preta e que está no Estoril, de Portugal. O nome não foi citado no papo entre técnico e Tricolor.

 

O acordo por Matheus deverá ser por empréstimo com opção de compra. Pessoas próximas ao jogador dizem que a transferência depende de detalhes. O clube também busca um zagueiro: Aderlan, do Valencia, está na mira.

 

Dentro do elenco do São Paulo o nome de Dorival Júnior também tem aprovação. O técnico é considerado uma pessoa que une os jogadores, deixa o ambiente descontraído e o atleta à vontade para se posicionar, ao mesmo tempo em que sabe cobrar. É visto como transparente.

 

O aproveitamento de jogadores da base também é um ponto positivo para Dorival. Essa era uma das bandeiras levantadas por Rogério Ceni no clube. O histórico do profissional no Santos lhe dá respaldo nesse sentido, e o Tricolor cada vez mais tem promovido jogadores de Cotia.

 

Dorival Júnior costuma levar consigo aos clubes nos quais trabalha dois profissionais: seu filho e auxiliar Lucas Silvestre, e o preparador físico Celso Rezende. É intenção do treinador trabalhar com a dupla no Morumbi.



Untitled Document
Últimas Notícias
Elano sobre caso de Lucas Lima: 'Se não renovou, temos que colocar outro'
Naviraí participa do 9º Festival de Atletismo em Eldorado
Salário comercial terá reajuste de 3% em Naviraí e região
Untitled Document