Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 28 DE JUNHO DE 2017
25 de MAIO de 2017 | Fonte: Folha do Conesul

Familiares e amigos se unem para ajudar jovem diagnosticada com abscesso na cabeça

A jovem Lidiany Caraiba está internada na UTI do Hospital do Coração em Dourados. As despesas são muito altas e o tratamento é muito caro. Foi criado uma conta virtual para que todos que possam ajudar façam suas doações.

Os familiares e amigos da jovem Lidiany Caraiba, que nesta semana passou muito mal, e ao ir ao médico foi diagnosticado um abscesso na parte frontal da cabeça, que é uma espécie de infecção,  estão promovendo uma vaquinha virtual para ajudar nos custos com o tratamento e os gastos médicos que a família vai ter.

Lidiany Caraiba está internada em Dourados e amigos se unem para angariar fundos para arcar com despesa de cirurgia (Foto: Arquivo pessoal/Facebook)

A jovem está internada na UTI do Hospital do Coração  em Dourados, e as despesas são muito altas e o tratamento é muito caro, explica o cunhado da jovem Jorge Gouveia, e que não  são cobertos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Por isso, ele a esposa Vanessa,  irmã da Lidiany,  e outros amigos da jovem decidiram promover a ação e juntar uma grana para ajudar a jovem.

 

Foi criado uma conta virtual para que todos que possa ajudar façam suas doações o endereço da conta virtual é https://www.vakinha.com.br/vaquinha/todos-pela-lidiani-abscesso-no-cerebro-uti, podendo ser parcelado em até 12 vezes no cartão.

 

Jorge lembra que o site cobra uma taxa de administração e que se alguém quiser ajudar podem fazer a doação em deposito na conta da Vanessa Freire Caraiba - irmã da Lidy, a Agencia 3933-0 Conta Corrente 9619-9 CPF 010.372.671-33.

 

Vanessa revela que a doença da sua irmã pegou todos de surpresa. Segundo ela, na semana, ele começou a se sentir mal e foi levada ao hospital. Lá, os médicos a encaminharam para Dourados.

 

Inicialmente, explica Jorge, foi cogitado que a jovem tivesse um tumor no cérebro, mas no primeiro exame a doença foi descartada.

 

“Na primeira ressonância foi diagnosticado que era um abscesso, causado pela infecção de uma sinusite... porém ainda não esta encapsulado, esta solta a secreção... o caso é muito grave, mas a Dra esta muito confiante... não vai operar de imediato, já entrou com um antibiótico bem forte (e muito caro) e nas próximas 48 horas ira ver se a infecção diminuiu... se diminuir não será preciso operar... se não diminuir a Dra disse que abre e limpa toda essa secreção”.

 

Ele revela que a cunhada está estável, apesar de o quadro requerer cuidados.

 

A Família se compromete a prestar contar no final do tratamento com a divulgação dos valores com suas respectivas notas fiscais. Pedem também que orem pela saúde da nossa querida Itaquiraiensse Maria Lidiany Freire Caraiba.



Untitled Document
Últimas Notícias
Ladrões furtam R$ 1 mil em 'kit churrasco'
Homem capota carro com 500kg de drogas
Em 5 anos, cresce a participação de idosos no mercado formal de trabalho
Untitled Document