Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 27 DE JULHO DE 2017
17 de ABRIL de 2017 | Fonte: Assessoria

Projeto “Boleiros Copasul” leva diversão e oportunidade para filhos de Colaboradores e Cooperados

Projeto é formado por colaboradores voluntários e conta com o apoio de acadêmicos de Educação Física da Faculdade Anhanguera

Todas as quartas e sábados a Associação Recreativa e Esportiva da Copasul (AREC) recebe pequenos atletas para o treino semanal de futebol. São meninos entre 07 e 12 anos, filhos de colaboradores, cooperados ou familiares, que participam do projeto “Boleiros Copasul”. A iniciativa surgiu em 2016 com o objetivo de oferecer a oportunidade da prática esportiva para meninos. O projeto é formado por colaboradores voluntários e conta com o apoio de acadêmicos de Educação Física da Faculdade Anhanguera, de Naviraí. Hoje são cerca de 15 alunos participantes.

Hoje são cerca de 15 alunos participantes (Foto: Divulgação)

“A ideia surgiu para que filhos de colaboradores tivessem a oportunidade de praticarem um esporte, já que uma escolinha de futebol não é algo barato. O nosso objetivo é que eles possam se divertir, socializar e ter noções de disciplina. Sempre cobramos boas notas escolares, e o comportamento deles dentro e fora de casa.

 

 “Ser voluntário é algo muito prazeroso e gratificante pois podemos ver evolução deles. Sabemos que esse projeto só saiu do papel graças a Copasul, que comprou essa ideia e nos dá suporte”, disse Jocivaldo Aragão, que é Gerente da Unidade Fecularia, um dos voluntários do projeto e pai de um dos alunos. Os meninos já participaram de um campeonato e de dois amistosos no município, sendo que tiveram um bom desempenho. “Já pudemos observar o desenvolvimento deles; no início, havia alunos que mal sabiam pegar na bola e chutar para o gol. O que mais deixa a gente realizado é acompanhar o desenvolvimento deles. Tenho certeza que no futuro eles vão lembrar disso, é gratificante doar nosso tempo para eles”, conta o voluntário Olair dos Santos, que é Encarregado da Manutenção Elétrica na Fiação e pai do Gabriel, um dos alunos do projeto.

 

“Pode ser que do projeto não saiam profissionais do futebol, mas com certeza, sairão profissionais para a vida. Ser voluntário no projeto pra mim é um enorme prazer, aprendo com eles e eles comigo. Tenho um sentimento de gratidão e respeito. A Copasul sempre está   nos surpreendendo com o apoio à projetos como esse, e isso é gratificante”, disse o voluntário Ronaldo Lima que é colaborador e acadêmico de Educação Física. Os pais, sempre que podem, acompanham os treinos. “Além do ganho da atividade física, tem essa convivência com os outros meninos. Isso está sendo muito bom para ele, essa interação deles e dos pais também”, disse o colaborador Victor Kawamura, pai do Victor Gabriel. Dentro de casa, o comportamento também já mudou. “Meu filho já jogava um pouco, mas ele foi adquirindo mais disciplina. E algo muito bom é que ele desgrudou do celular, ocupando o tempo com algo mais produtivo, que é uma atividade física, isso tirou ele de um foco desnecessário para um necessário”, disse o colaborador Israel Poderoso, que é pai do Mateus.

 

“Em dia de treino eu chego do serviço e ele já está me esperando porque ele não vê a hora do treino chegar. É uma atividade que ocupa a cabeça dele isso é muito bom para a criança e ele adora participar”, disse Élio Gonçalves de Moraes, avô do Gustavo. Para os meninos, é uma oportunidade de fazer o que eles gostam e interagir com novos amigos. “Eu adoro vir aqui. Aprendo muito, já melhorei na bola e fiz vários amigos”, disse Bruno – filho do colaborador João Paulo Ferreira dos Santos. Alguns, até sonham com a carreira de jogador, “Gosto muito, aqui tem muita interação, nós brincamos muito. Já jogava antes e um dos meus sonhos é ser jogador”, comentou Leandro, filho do Marcos Rodrigues, da fecularia. “Aqui é muito legal, todos são muito gentis, fiz amigos e todos estão no mesmo nível, todos podem jogar”, disse Davi, filho do Jocivaldo.



Untitled Document
Últimas Notícias
Fiems, Fecomércio, Governo e Consulado criam Câmara de Comércio e Indústria MS-Argentina
Campo Grande recebe o Megaleilão Montana 2017
Rádio Cultura AM de Naviraí é autorizada a migrar para FM
Untitled Document