Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 21 DE JANEIRO DE 2021
18 de DEZEMBRO de 2020 | Fonte: Secretaria de Estado de Saúde (SES)

COVID-19: Sete municípios de MS estão em risco extremo e 52 com bandeira vermelha

Situação levou o governo a notificar os municípios para que comprovem o cumprimento das recomendações.
Amambai, Aquidauana, Bela Vista, Campo Grande, Dourados, Naviraí e Sete Quedas estão na bandeira cinza, que indica faixa de risco extremo (Foto: Divulgação)

O Governo de Mato Grosso do Sul atualizou o grau de risco dos 79 municípios - referentes à 50ª semana epidemiológica do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) e encaminhou nesta quinta-feira (17/12) as novas recomendações, para o período de 16 a 26 de dezembro, aos prefeitos. 

 

Além dos relatórios com as recomendações, o governo estadual notificou os municípios para que comprovem o cumprimento das medidas ou justifiquem o descumprimento, sob pena de comunicação ao Ministério Público e demais autoridades, de acordo com o Decreto Estadual nº 15.559/2020. A situação tem exigido do governo grande esforço para estruturar o sistema de saúde,  conforme explicou o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, nesta sexta-feira (18/12).

 

"A situação é séria. Não há falta de recursos. Essa semana o governador liberou mais de R$ 27 milhões para as unidades hospitalares do Estado municípios. A grande questão é a capacidade de ampliação de leitos de UTI. E por outro lado a necessidade de diminuir a taxa de multiplicação e contágio por parte da Covid-19. E o governo vai adotar as medidas necessárias para que a gente contenha ao máximo a propagação do vírus. Sabemos das consequências na economia e debatemos isso diariamente. Os municípios têm as suas responsabilidades também. Precisamos  pôr a mão na consciência e, mais do que nunca, fazer uma reflexão de responsabilidade para ver com o vamos atravessar o nosso fim de ano", destacou.

 

Mapa Situacional

O mapa situacional das quatro macrorregiões de Saúde (Corumbá, Campo Grande, Três Lagoas e Dourados), referente à 50ª Semana Epidemiológica (de 06 a 12/12), apresenta 20 municípios no grau médio (bandeira laranja), 52 no grau de risco alto (bandeira vermelha) e sete na faixa de risco extremo (bandeira cinza): Amambai, Aquidauana, Bela Vista, Campo Grande, Dourados, Naviraí e Sete Quedas. O estado não possui nenhum município nas faixas amarela (risco tolerável) e verde (baixo risco). 

 

Com relação à última divulgação (49ª semana), 53 municípios mantiveram, apenas quatro municípios melhoraram e 22 municípios regrediram no grau de risco.

 

Para gerar essa classificação, o programa avalia indicadores municipais relacionados à disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), busca por contatos de casos confirmados, redução da mortalidade por Covid-19, disponibilidade de testes, incidência na população indígena, redução de casos entre profissionais da saúde, redução de novos casos, necessidade de expansão de leitos e situação de fronteira com país ou divisa com Estado que tenha aumento de casos.

 

Os mapas situacionais atualizados, recomendações para os municípios e a distribuição das atividades econômicas por faixa de risco, estão disponíveis no site www.coronavirus.ms.gov.br (link prosseguir).

 

Sobre o Prosseguir – Programa do Governo Estadual que classifica os municípios em faixas de cores, de acordo com o grau de risco que cada cidade apresenta (de baixo a extremo), traz recomendações de medidas no âmbito da Saúde Pública, de Serviços Públicos e do Social a fim de nortear agentes da sociedade, principalmente entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da Covid-19.



Untitled Document
Últimas Notícias
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
Beneficiários da Agehab podem emitir boleto via aplicativo
Rhaiza Matos ouve servidoras que pedem incorporação de insalubridade
Untitled Document