Untitled Document
SÁBADO, 26 DE SETEMBRO DE 2020
05 de AGOSTO de 2020 | Fonte: Ricardo Minella/SES

Trabalhadores rurais de MS recebem 155 mil máscaras doadas pelo Estado

EPIs foram destinadas a famílias assistidas pela Agraer e por entidades como Fetragri, Fettar e Faferms; assentamentos de Santa Rita do Pardo também foram contemplados.
Entidades ligadas aos pequenos produtores e agricultores familiares recebem máscaras na Secretaria Estadual de Saúde (Foto: Divulgação)

Trabalhadores Rurais de Mato Grosso do Sul ligados à agricultura familiar estão recebendo 155.544 máscaras faciais para proteção de contágio contra a Covid-19. A entrega foi feita na terça-feira (04/08) pelo secretário estadual de Saúde Geraldo Resende aos representantes das entidades ligadas aos produtores de diversas regiões do Estado.

 

Do total, 69.492 máscaras nos tamanhos G e M estão sendo distribuídas às famílias vinculadas à Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Mato Grosso do Sul (Fettar); o mesmo quantitativo foi destinado aos produtores ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri); e 16.560 unidades vão beneficiar os agricultores associados à Federação dos Agricultores, Familiares e Empreendedores do Estado de Mato Grosso do Sul (Faferms).

 

De acordo com o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, a distribuição desses Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para as comunidades mais carentes e vulneráveis é mais uma ação do Governo do Estado com o objetivo de dar todas as condições para as pessoas se protegerem contra o coronavírus.

 

“O uso desses acessórios é obrigatório em Mato Grosso do Sul, mas sabemos que muitas pessoas têm dificuldades financeiras para adquiri-las. Por isso, tomamos essa iniciativa e estamos distribuindo 1,5 milhões para as comunidades em situação de vulnerabilidade social”, salientou o secretário.

 

Falando na oportunidade, o diretor executivo da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) Fernando Luiz Nascimento salientou a importância da ação governamental.

 

“Mais uma vez, a agricultura está segurando esse país, porque o campo realmente não para. A agricultura está trabalhando, produzindo alimentos e por isso ficamos muito felizes com essa iniciativa da Secretaria de Saúde de lembrar das pessoas que estão no dia a dia, produzindo os alimentos que nós consumir na cidade”, ressaltou Fernando Nascimento.

 

Alaíde Ferreira Teles, diretor da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Mato Grosso do Sul (Fettar), agradeceu pela ação do Estado e considerou importante a participação das entidades. “Onde o governo não pode chegar, nós chegamos, com a distribuição desses equipamentos de proteção individual”, destacou.

 

A entrega das máscaras contou ainda com a presença dos diretores da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri) Adenilson Pereira Trindade; e dos diretores da Federação dos Agricultores, Familiares e Empreendedores do Estado de Mato Grosso do Sul (Faferms), Adão Souza Cruz e Sandra Maria Costa Soares.

 

Assentamentos

O Governo do Estado também destinou nesta semana, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), 1.900 máscaras para serem distribuídas aos assentados de Santa Rita do Pardo. Para o Assentamento Avaré foram entregues 1.200 unidade, tamanho G; para o Assentamento São Thomé, 260, na medida M; ao Assentamento Santa Rita foram 160 máscaras M; o Assentamento Córrego Dourado recebeu 200 máscaras M; e o Assentamento Olho D’Água foi contemplado com 80 unidades de máscaras tamanho médio.



Untitled Document
Últimas Notícias
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
Receita Federal abre nesta quarta-feira consulta ao 5º lote do IRPF
Como será o clima durante a primavera em Mato Grosso do Sul
Untitled Document