Untitled Document
SÁBADO, 15 DE AGOSTO DE 2020
21 de JULHO de 2020 | Fonte: Secretaria de Estado de Saúde (SES)

MS registra recorde no número de mortes por covid-19

Foram 20 confirmadas nas últimas 24 horas; somente em julho, são 158, mais que o dobro das 70 de junho. Desde o início da pandemia, o estado contabiliza 248 óbitos provocados pelo novo coronavírus.

Mato Grosso do Sul registrou um recorde no número de mortes por covid-19 nesta terça-feira (21/07). Foram 20 confirmadas nas últimas 24 horas, segundo a secretaria estadual de Saúde (SES). Somente em julho, são 158, mais que o dobro das 70 de junho. Desde o início da pandemia, o estado contabiliza 248 óbitos provocados pelo novo coronavírus.

 

Das 20 mortes, 7 são de moradores de Campo Grande. Dourados, Sidrolândia e Corumbá, registraram 2 óbitos cada e Três Lagoas, Paraíso das Águas, Itaquiraí, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Ponta Porã, 1 cada.

 

Ao falar sobre os dados, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, lamentou que o estado tenha um número tão alto de mortes, destacou que essa quantidade vem crescendo a cada dia e que a taxa de letalidade que ficou por muito tempo abaixo de 1%, agora já atingiu 1,4%. Reafirmou ainda, que a responsabilidade da prevenção a doença é coletiva, e inclui desde o poder público em suas várias esferas até a população, que precisa se conscientizar e ter uma maior adesão ao distanciamento social.

 

Por sua vez, a secretária estadual adjunta de Saúde, Christinne Maymone, apontou que dessas 20 pessoas que tiveram a morte confirmada pela doença nesta terça, 18 tinha comorbidades e uma um fator de risco, tabagismo. Somente uma não tinha nenhuma doença pré existe. Esse fato, conforme ela, demonstra que é muito importante que as pessoas que tenham comorbidades e seus familiares redobrem os seus cuidados com a prevenção a covid-19.

 

Além das mortes, o boletim epidemiológico da SES desta terça-feira trouxe a confirmação de 749 novos casos da doença, sendo 204 em Campo Grande. O estado atingiu 17.386 registros e a capital 6.420.

 

Dos casos confirmados, a secretaria aponta que 5.531 são ativos. Desse total, 5.182 infectados estão cumprindo isolamento domiciliar e 349 estão internados, sendo 177 em unidades de terapia intensiva (UTI’s). A taxa de ocupação dos leitos de UTI disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no estado é de 54%, mas em Campo Grande já atingiu 87%.

 

Nesta terça, o secretário estadual de Saúde voltou a pedir um esforço dos municípios para encerrarem os casos suspeitos que ainda estão em aberto no sistema, que totalizam 6.349. Ainda em relação aos casos suspeitos, o Laboratório Central em Campo Grande tem 2.397 amostras de testes aguardando liberação. Desde o início da pandemia, o estado já realizou 79.637 testes.



Untitled Document
Últimas Notícias
Comissão se reúne para falar sobre planejamento de retorno às aulas presenciais em MS
Governo regulamenta serviços de retransmissão de rádio
Palmeiras se reúne com médicos e prepara pedido de mudança em protocolo da CBF
Untitled Document