Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 05 DE JUNHO DE 2020
23 de ABRIL de 2020 | Fonte: TV Morena

TRE-MS tem atendimento online e disponibiliza emissão de título de eleitor pela internet

A medida é uma alternativa para conciliar o exercício do direito ao voto com as restrições à proximidade implementadas após o início da pandemia do novo coronavírus.

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS) está retomando o serviço de atendimento ao público. Devido a pandemia da covid-19, passará a atender pela internet, além de disponibilizar o serviço de emissão online do título de eleitor.

 

A medida é uma alternativa que busca conciliar o exercício do direito ao voto com as restrições à proximidade implementadas após o início da pandemia.

 

O novo sistema “Título Net” está disponível no site do TRE/MS a partir desta quinta-feira (23). Por meio dele o interessado deverá indicar o tipo de operação que deseja fazer para em seguida inserir seus dados pessoais e as imagens de um documento oficial com foto e de um comprovante de residência.

 

Esse sistema, além de possibilitar a emissão do título, conta com a possibilidade de transferência de município onde o eleitor vota, alteração de dados pessoais e mudança no local de votação. O prazo final para as solicitações é até o dia 6 de maio de 2020. Os documentos necessários são:

 

- Documento de identificação com foto como RG, CNH, carteira profissional (OAB, CRM, etc.).

 

- Comprovante de endereço atualizado (máximo 6 meses): conta de água, luz, telefone fixo, celular, TV por assinatura, correspondência bancária, etc. O comprovante enviado deve estar legível e com endereço visível e, preferencialmente, em nome do eleitor ou de pessoa com quem ele tem parentesco comprovado por documentos (ex.: pais, cônjuge, irmãos, avós).

 

- Para o 1º título, o alistamento militar é obrigatório para homens nascidos em 2001 ou antes.

 

Para assegurar a autenticidade das informações registradas, o eleitor deve tirar uma foto (selfie) junto com o documento de identificação anexado. Todos os dados são conferidos individualmente junto ao banco de dados da Justiça Eleitoral, como é feito normalmente em pedidos presenciais.

 

Caso o pedido do eleitor seja aceito será necessário utilizar o aplicativo E-Título, para quem não tem celular é solicitar uma certidão de quitação no site do Tribunal Superior Eleitoral.

 

Dispensa de multas

Também em virtude da pandemia, a Corregedoria Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul autorizou a dispensa de multas decorrentes de ausência às urnas e de alistamento tardio.

 

Quem deixou de votar em eleições anteriores e não justificou a ausência no prazo legal não precisará efetuar o pagamento da multa.

 

Da mesma forma, aqueles que não tiraram o título logo após a idade obrigatória de 18 anos estão isentos da multa correspondente.



Untitled Document
Últimas Notícias
Semana de Educação Ambiental de Naviraí terá abertura virtual
Governador de Mato Grosso testa positivo para covid-19
Com mais 123 confirmados, Mato Grosso do Sul passa para 1.925 pacientes com coronavírus
Untitled Document