Untitled Document
DOMINGO, 27 DE SETEMBRO DE 2020
20 de DEZEMBRO de 2019 | Fonte: Correio do Estado

CCR MS Via pede para deixar administração da BR-163

Concessionária informou ao mercado que não quer mais a rodovia de MS.

A CCR informou nesta quinta-feira (19/12) ao mercado que adereiu ao processo de relicitação da BR-163. A empresa ainda vai apresentar, nos termos de lei que faculta a saída do processo de concessão, a saída da administração da principal rodovia de Mato Grosso do Sul, que atravessa o Estado de norte a sul, em um trecho de 845 quilômetros. 

 

“A aderência irrevogável e irretratável à relicitação do empreendimento ocorrerá somente após (i) cumpridos os procedimentos previstos nos artigos 3º a 6º do Decreto nº 9.957 de 6 de agosto de 2019". No termo deverá constar previsão de extinção amigável do ajuste originário. 

 

O decreto a que se refere à CCR em seu comunicado ao mercado, diz respeito ao decreto presidencial que autoriza processos de relicitação nos setores rodoviário, ferroviário e aeroportuário. No requerimento a CCR deeverá justificar e apresentar elementos técnicos que viabilizem a análise da necessidade e da conveniência da relicitação. 

 

A concessão da CCR MSVia é de 30 anos. A empresa não conseguiu atender as metas estabelecidas em contrato, e foi a Justiça para repactuá-lo, pedindo um reequilíbrio econômico-financeiro. 

 

A empresa, entre outras metas, não conseguiu duplicar a rodovia nos prazos estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Em cinco anos de concessão, duplicou apenas 17,7% dos 845 quilômetros, pouco menos de 200 quilômetros. No ano passado, foram executados 11,6 quilômetros de duplicação. 

 

Em setembro último, a ANTT determinou a redução pela metade do preço do pedágio. No fim do mês passado, porém, a CCR MSVia obteve liminar na Justiça Federal, garantindo a manutenção dos preços atuais.



Untitled Document
Últimas Notícias
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
Receita Federal abre nesta quarta-feira consulta ao 5º lote do IRPF
Como será o clima durante a primavera em Mato Grosso do Sul
Untitled Document