Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2019
17 de MAIO de 2019 | Fonte: Agência Brasil

Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019

As inscrições podem ser feitas pela internet, na Página do Participante, até as 22h59, no horário local.
Concentração de estudantes em dia de Enem (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Hoje (17) é o último dia para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. As inscrições podem ser feitas pela internet, na Página do Participante, até as 22h59.

A dica do Ministério da Educação é não deixar para se inscrever na última hora, pois são comuns os picos de acesso ao sistema de inscrição nos últimos minutos.

Também termina hoje o prazo para solicitar atendimento especializado e específico e para alterar dados cadastrais, município de provas e opção de língua estrangeira. No dia 22 será divulgado o resultado do pedido de atendimento especializado e específico.

Taxa de Inscrição - A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85. Quem não tem isenção deve fazer o pagamento, até o dia 23 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas e Correios.

Provas - O Enem será aplicado em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos. No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 13 de novembro. O resultado sairá em data a ser divulgada posteriormente.

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo \Sisu (Sistema de Seleção Unificada), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).



Untitled Document
Últimas Notícias
Naviraí terá campanha de vacinação antirrábica em duas datas
Palmeiras tira Ramires do campo e só deve voltar em 2019
CCJ da Câmara aprova condução coercitiva de intimados por CPI
Untitled Document