Untitled Document
SÁBADO, 29 DE FEVEREIRO DE 2020
21 de FEVEREIRO de 2019 | Fonte: Folha do Conesul

Palmeiras pode ter graves problemas com a Fifa e penas brandas por conta de Del Nero

Manutenção do cartola em conselho descumpre norma da entidade máxima do futebol, que avisa riscos como perda de pontos e até rebaixamento (Foto: Divulgação)

A presença do ex-presidente da CBF Marco Polo Del Nero em seu conselho deliberativo pode render o Palmeiras problemas mais graves caso não tome providências. Isso porque a entidade máxima do futebol baniu o cartola de qualquer atividade relacionado ao futebol, mas ainda assim ele segue no quadro de conselheiros do time alviverde, o que pode render punições como perda de pontos ou, em caso extremo, até rebaixamento a divisão inferior.

 

O jornal O Estado de São Paulo questionou a Fifa sobre o caso, ao ressaltar que Del Nero segue no quadro de dirigentes palmeirenses mesmo após a determinação da entidade, em abril de 2018, de que o ex-presidente da CBF não pode exercer mais atividades por considera-lo culpado em casos de corrupção. A Fifa respondeu que, em situações como esta, primeiramente, o clube em questão será avisado e notificado do descumprimento da determinação para depois serem avaliados os tipos de punição.

 

Por meio do seu porta-voz, a entidade informou que o Alviverde está sujeito às sanções previstas no artigo 64 do seu Código Disciplinar. Segundo o mesmo, o clube que não acatar a decisão “será avisado e notificado que, no caso de inadimplência ou não cumprimento de uma decisão dentro do prazo estipulado, pontos serão deduzidos ou será ordenado o rebaixamento para uma divisão inferior”. Outa punição seria o impedimento nas transferências de jogadores.

 

Também procurado pelo veículo, o presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, Seraphim Del Grande, afirmou que, após a punição aplicada pela Fifa, Del Nero se afastou do clube paulista. “Ele nos entregou um pedido de licença. Enquanto o caso com a Fifa ainda estiver com a possibilidade de recursos, iremos aguardar", afirmou.



Untitled Document
Últimas Notícias
SES atualiza notificações de casos suspeitos de coronavírus em MS
Termina em maio prazo para eleitor regularizar título
Valdir Espinosa morre após complicação em cirurgia aos 72 anos
Untitled Document