Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 19 DE AGOSTO DE 2019
04 de FEVEREIRO de 2019 | Fonte: TV Morena

MS se mantém com o terceiro maior número de casos do país de ferrugem asiática da soja

Segundo o Consórcio Antiferrugem, foram registrados focos em 13 municípios do estado.

Mato Grosso do Sul encerrou janeiro se mantendo como o terceiro estado do país com maior número de casos de ferrugem asiática. Segundo dados do Consórcio Antiferrugem, a parceria público-privada que atua no combate a doença, até está segunda-feira (4) haviam sido confirmados 34 focos nas lavouras sul-mato-grossenses.

 

No país já foram registrados 218 casos. Além de Mato Grosso do Sul, os estados que possuem o maior número de focos são o Rio Grande do Sul, com 80 e o Paraná, com 57.

 

Segundo o consórcio, foram registrados focos em 13 municípios de Mato Grosso do Sul:

Chapadão do Sul – 12

Maracaju – 8

Laguna Carapã – 3

Sidrolândia – 2

Amambai – 1

Antonio João – 1

Bonito – 1

Caarapó – 1

Campo Grande – 1

Dourados – 1

Jateí – 1

São Gabriel do Oeste – 1

Sonora – 1

 

O que é a ferrugem asiática

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a ferrugem é considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura e pode ocorrer em qualquer estádio fenológico da cultura.

 

Plantas infectadas apresentam desfolha precoce, comprometendo a formação e o enchimento de vagens, reduzindo o peso final dos grãos. Nas diversas regiões geográficas onde a ferrugem asiática foi relatada em níveis epidêmicos, os danos variam de 10% a 90% da produção.



Untitled Document
Últimas Notícias
MS apresenta, em julho, melhor resultado na abertura de empresas desde 2013
Praça Sakae Kamitani será inaugurada sábado, dia 17 de agosto
Naviraí registra segunda morte por Influenza A em 2019
Untitled Document