Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2019
11 de DEZEMBRO de 2018 | Fonte: Campo Grande News

IBGE confirma otimismo e produção de soja deve crescer 3,6% em MS

Levantamento divulgado nesta terça-feira mostra que produção estadual de soja deve ser de 10,2 milhões de toneladas
Lavoura de soja em desenvolvimento na região de Dourados (Foto: Helio de Freitas)

O segundo prognóstico para a safra 2019, divulgado nesta terça-feira (11) pelo IBGE, mantém a previsão de produção recorde de soja em Mato Grosso do Sul, com 10,2 milhões de toneladas. Se a estimativa se concretizar, será a primeira vez com produção acima dos dez milhões de toneladas.

 

Conforme o IBGE crescimento esperado é de 3,6%, ancorado pelo aumento de 4,7% na área plantada, que deve passar de 2,62 milhões para 2,71 milhões de hectares na safra semeada em setembro e que começa a ser colhida no final de janeiro.

 

Na Região Centro-Oeste, Mato Grosso, que em 2019 deve responder por 27,0% do total a ser produzido pelo país, estima colher 31,8 milhões de toneladas, crescimento de 0,6% em relação a 2018. Goiás, com 10,9 milhões de toneladas, espera queda de 4,7% na produção.

 

Em todo o país, a segunda estimativa de produção para 2019 soma 117,7 milhões de toneladas, aumento de 1,0% em relação ao primeiro prognóstico, em outubro, e declínio de 0,2% em relação a 2018. A área a ser plantada com a leguminosa é de 35,4 milhões de hectares, aumento de 0,4%.

 

Segundo o IBGE, os preços da soja encontram-se firmes no mercado internacional, em face da crescente demanda chinesa. Além disso, a recente desvalorização do real frente ao dólar, aumentou a competitividade da soja brasileira em relação aos demais países produtores.

 

Segundo o Cepea/ESALQ, no final de novembro a saca de 60 kg do produto colocada no Porto de Paranaguá estava cotada em R$ 82,78, valor considerado bastante satisfatório para o produtor.

 

Já a produção total de cereais, leguminosas e oleaginosas tem previsão de cair 7% em MS, de 19,2 milhões de toneladas para 17,8 milhões, mesmo com aumento de 3% na área plantada.

 

Várias culturas devem apresentar queda na atual safra em Mato Grosso do Sul. A produção de feijão deve passar de 31,5 toneladas na safra passada para 22,9 mil quilos – queda de 27%.

 

A produção total de milho em 2018 será 21,6% menor que no ano passado, caindo de 9,8 milhões de toneladas para 7,6 milhões de toneladas. A falta de chuva causou perdas em lavouras de várias regiões do estado.

 

Outras produções que terão forte queda são de sorgo (37,8% menos) e de arroz, 12,7% menor neste ano. Foram 66,8 mil toneladas colhidas contra 76,6 mil toneladas na safra passada.



Untitled Document
Últimas Notícias
Projeto de Resolução amplia atribuições do presidente da ALMS
Prefeitura de Naviraí e usina recuperam passagem de estrada canavieira
Mais três mortes por dengue são confirmados no MS
Untitled Document