Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
03 de SETEMBRO de 2018 | Fonte: TV Morena

Colheita do milho safrinha entra na reta final em MS

O SIGA destaca que o trabalho estava prestes a ser concluído no norte do estado, onde a média era de 99,9% e dos dez municípios da região, nove já tinham concluído a colheita.
Colheita do milho está na reta final em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)

A colheita da safrinha de milho do ciclo 2017/2018 entrou na reta final em Mato Grosso do Sul. Levantamento do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e Federação da Agricultura e Pecuária (Sistema Famasul), aponta que até sexta-feira passada (31 de agosto), 87,7% das áreas cultivadas com o cereal foram colhidas, o que representa 1,457 milhão de hectares, de um total de 1,700 milhão de hectares cultivados nesta temporada.

 

O SIGA destaca que o trabalho estava prestes a ser concluído no norte do estado, onde a média era de 99,9% e dos dez municípios da região, nove já tinham concluído a colheita, restando um percentual pequeno em Rio Verde de Mato Grosso.

 

Outra região, conforme o levantamento, que estava com a colheita acelerada era o centro do estado. A média era de 85,2% de lavouras colhidas, sendo o procedimento já concluído em Jaraguari e Terenos.

 

No sul, a colheita segue em ritmo menor. A média é de 80,6%, e de um grupo de 22 municípios apenas quatro tinha percentuais acima de 90% no fim de agosto. Em Bonito, o índice ficou no patamar de 30% e em Jardim de 40%.

 

O SIGA reafirmou a projeção de que o estado terá nesta safrinha uma redução de 29,31% no volume colhido em relação a anterior, com a quantidade caindo de 9,800 milhões de toneladas para 6,936 milhões de toneladas e credita esse resultado a redução de 8,21% na área cultivada, de 1,800 milhão de hectares para 1,700 milhão de hectares e a queda de 22,9% da produtividade, que deve despencar de 88,3 sacas por hectare para 68 sacas por hectare, em razão, principalmente dos efeitos climáticos negativos, como a estiagem e distribuição irregular das chuvas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sesi destaca melhoria na gestão de SST com eSocial
Chuva desacelera ritmo da moagem de cana na segunda quinzena de setembro
Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia, diz presidente do STF
Untitled Document