Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 16 DE AGOSTO DE 2018
10 de AGOSTO de 2018 | Fonte: Globo Esporte

Corinthians não vira um mata-mata de Libertadores desde 2000

Timão perdeu o primeiro jogo para o Colo Colo no Chile (Foto: Divulgação)

Tentando o bicampeonato da Libertadores da América, o Corinthians terá um grande desafio em sua próxima partida pelo campeonato continental. Após a derrota por 1 a 0 para o Colo-Colo, no jogo de ida das oitavas de final da competição nesta quarta-feira, o Corinthians terá que fazer algo que não consegue há 18 anos: virar um mata-mata de Libertadores.

 

É a décima vez que o Timão sai perdendo em duelo eliminatório em sua história na Libertadores, e o desempenho do clube da capital paulista ao perder o primeiro jogo em mata-mata da competição é quase o pior possível. A única virada aconteceu em 2000, contra o Rosario Central na fase oitavas de final.

 

Na ocasião, a equipe da capital paulista, comandada por Oswaldo de Oliveira, perdeu na Argentina por 3 a 2 no jogo de ida e, na volta, devolveu o 3 a 2 no Pacaembu e levou a decisão para as penalidades. Da marca da cal, o time argentino perdeu duas cobranças, uma defendida por Dida e outra para fora. O atacante Luizão foi o grande nome do duelo, com dois gols em cada partida.

 

Antes da virada sobre o Rosario Central, o Corinthians havia saído atrás em três duelos eliminatórios na Libertadores e perdido os três. No primeiro, em 1991, o Timão perdeu o primeiro jogo para o Boca Juniors, na Bombonera, por 3 a 1 e empatou por 1 a 1 no Morumbi no jogo de volta. Em 1996, em pleno Pacaembu, o Grêmio abriu 3 a 0 diante do Corinthians, que venceu no Olímpico por 1 a 0 mas mesmo assim foi eliminado. Já em 1999, o Palmeiras venceu o jogo de ida por 2 a 0, mas o Corinthians devolveu o placar no jogo de volta. Nas penalidades, o Verdão venceu por 4 a 2.

 

Depois de 2000, o Corinthians saiu perdendo em outros cinco duelos de mata-mata na Libertadores e foi eliminado em todos. No mais recente, em 2015, o o Guaraní-PAR abriu 2 a 0 no jogo de ida, em casa, e também venceu o jogo de volta, na Arena Corinthians, por 1 a 0. Antes disso, nas oitavas de final em 2013, o carrasco da vez foi novamente o Boca Juniors. Em reedição da final da edição anterior, em que o Corinthians foi campeão pela primeira vez, o clube argentino venceu o jogo de ida, na Bombonera, por 1 a 0. Na volta, no Pacaembu, as equipes empataram em 1 a 1 e o clube paulista foi eliminado.

 

Agora, na edição atual, o Corinthians terá de vencer o Colo-Colo por dois gols de diferença para chegar às quartas de final. Se vencer por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. A partida será no dia 29 de agosto, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians.

 

Confira todos os duelos de mata-mata em que o Corinthians saiu perdendo

 

1991 (quartas de final)

Ida: Boca Juniors 3 x 1 Corinthians

Volta: Corinthians 1 x 1 Boca Juniors


1996 (quartas de final)

Ida: Corinthians 0 x 3 Grêmio

Volta: Grêmio 0 x 1 Corinthians


1999 (quartas de final)

Ida: Palmeiras 2 x 0 Corinthians

Volta: Corinthians 2 (2) x (4) 0 Palmeiras

 

2000 (oitavas de final)

Ida: Rosario Central 3 x 2 Corinthians

Volta: Corinthians 3 (4) x (3) 2 Rosario Central

 

2003 (oitavas de final)

Ida: River Plate 2 x 1 Corinthians

Volta: Corinthians 1 x 2 River Plate

 

2006 (oitavas de final)

Ida: River Plate 3 x 2 Corinthians

Volta: Corinthians 1 x 3 River Plate

 

2010 (oitavas de final)

Ida: Flamengo 1 x 0 Corinthians

Volta: Corinthians 2 x 1 Flamengo


2013 (oitavas de final)

Ida: Boca Juniors 1 x 0 Corinthians

Volta: Corinthians 1 x 1 Boca Juniors

 

2015 (oitavas de final)

Ida: Guaraní-PAR 2 x 0 Corinthians

Volta: Corinthians 0 x 1 Guaraní-PAR


2018 (oitavas de final)

Ida: Colo-Colo 1 x 0 Corinthians

Volta: Corinthians x Colo-Colo (29 de agosto)



Untitled Document
Últimas Notícias
Artista plástico de MS constrói parque de diversões com sucata no quintal de casa
Homem morre ao volante do carro em Dourados
Feridos em explosão na UFRJ estão fora de risco
Untitled Document