Untitled Document
SÁBADO, 20 DE OUTUBRO DE 2018
16 de JULHO de 2018 | Fonte: Daniel Pedra/ FIEMS

Escolas do Sesi com matrículas abertas a preços acessíveis

A Escola do Sesi de Naviraí e de outras localidades estão com matrículas abertas a preços acessíveis (Foto: Divulgação)

Com um ensino diferenciado voltado à inovação, tecnologia e empreendedorismo a preços acessíveis, as escolas do Sesi em Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Maracaju, Naviraí e Três Lagoas estão com as matrículas abertas para alunos do Ensino Fundamental ao Ensino Médio para ingresso neste 2º semestre. As mensalidades custam a partir de R$ 310, enquanto as escolas oferecem recursos pedagógicos baseados na tecnologia, estimulando os alunos a utilizarem o que aprenderam em sala de aula de forma a resolver problemas do cotidiano, preparando-os para a atual realidade e demandas do mercado de trabalho.

 

O superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, afirma que toda a infraestrutura das escolas, além das ferramentas tecnológicas disponíveis, faz parte do projeto da instituição de ensino de preparar os jovens para um mundo cada vez mais competitivo em que as mudanças são cada vez mais ágeis. “Oferecemos um ensino inovador, digital, onde o aluno queira estar. As escolas do Sesi hoje estão preparadas para ser um ambiente de transformação de quem está lá dentro”, avaliou.

 

Para a gerente de educação do Sesi, Simone Cruz, as escolas têm fomentado uma educação diferenciada no Estado, deixando para trás as práticas tradicionais para implantar um novo modelo. “Neste novo formato, os alunos sentem-se protagonistas de suas aprendizagens e desenvolve competências para a vida de modo amplo e peculiar. A escola precisa ser ambiente de prazer e desejo para que a curiosidade científica e tecnológica fortaleça e as competências de resolução de problemas sejam o mote das aprendizagens”, acrescentou.

 

 

ENSINO TECNOLÓGICO

As escolas do Sesi unem educação, inovação e tecnologia, preparando os alunos para serem capazes de construir seus projetos de vida de forma mais consciente e competente. No Ensino Fundamental I, do 1º ao 5º ano, têm início o conteúdo curricular básico aliado a aulas de robótica, com Lego, e de empreendedorismo por meio de programas da Junior Achievement e do Sebrae/MS, sendo que também começa a ser utilizado o recurso Mangahigh como solução educacional para o ensino da matemática.

 

Os alunos do Ensino Fundamental II, do 6º ao 9º ano, também aprendem conceitos de robótica aliados ao conteúdo curricular básico. O empreendedorismo passa a ser direcionado para o protagonismo juvenil e iniciativa de visibilidade do mercado de trabalho. Além do Mangahigh, o modelo XD Education possibilita novas estratégias de ensino e aprendizagem por meio de soluções tecnológicas.

 

Para quem está no Ensino Médio, os desafios são o Laboratório de Oficinas Tecnológicas e potencializar o aprendizado com as ferramentas XD Education, Geekie Lab e Imaginie, tudo isso aliado a conteúdos básicos atuais e contextualizados. Além disso, há uma plataforma de estudos com exercícios que objetivam capacitar o aluno para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), sendo que os exercícios são personalizados de acordo com o desempenho do aluno e as necessidades individuais.

 

Serviço - Mais informações podem ser obtidas pelo site ou pelo telefone 0800 723 7374

 

Leia mais no site www.fiems.com.br ou pelo link . (Texto: Daniel Pedra – Ascom Fiems).



Untitled Document
Últimas Notícias
ACEN irá sortear um carro zero no Mega Natal Premiado 2018
PF abre inquérito para apurar conteúdo falso contra candidatos
Anvisa aprova novos tratamentos contra o câncer
Untitled Document