Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
16 de MAIO de 2018 | Fonte: Gazeta Esportiva

Família de Valdívia é rendida e assaltada no interior do Mato Grosso

A família do jogador Valdívia foi feita refém e assaltada na noite da última terça-feira (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

A família do jogador Valdívia, do São Paulo, foi rendida e assaltada em casa na noite da última terça-feira, na cidade mato-grossense de Jaciara, localizada a 150 km da capital Cuiabá. Os pais, a avó e o irmão do meia-atacante foram feitos reféns por ao menos quatro homens durante cerca de cinco horas em um dos quartos da residência.

 

Em contato com a reportagem, o chefe de operações da delegacia de polícia de Jaciara, Márcio Moreira dos Santos, disse que ninguém foi ferido pelos assaltantes. Foram roubados televisores, joias, computador e videogame, além de uma BMW 120i e uma Land Rover Evoque.

 

A BMW foi recuperada momentos após o crime, enquanto a Land Rover foi encontrada nesta quarta-feira, em Cuiabá.

 

Após o assalto, os familiares do atleta conseguiram sair do cômodo e registrar boletim de ocorrência na Polícia Militar, que faz a perícia do caso nesta tarde. De acordo com informações da delegacia, nenhum membro da quadrilha foi preso ainda.

 

A polícia desconfia que os bandidos estejam foragidos em Cuiabá e intensificou as investigações na cidade. A Polícia Rodoviária, por sua vez, trabalha no monitoramento das estradas que ligam Juciara à capital do estado do Mato Grosso.

 

Segundo a assessoria de imprensa do São Paulo, Valdívia está bem e treinará normalmente na tarde desta quarta-feira, no CT da Barra Funda. A equipe se prepara para enfrentar o Santos, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O meia-atacante pertence ao Internacional e está emprestado ao Tricolor até o fim do ano.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sesi destaca melhoria na gestão de SST com eSocial
Chuva desacelera ritmo da moagem de cana na segunda quinzena de setembro
Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia, diz presidente do STF
Untitled Document