Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2018
09 de ABRIL de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Aumento da demanda do milho eleva ganhos com a safrinha

Preço em alta e mercado mundial de olho no milho brasileiro devem ajudar na rentabilidade do produtor, que agora torce por clima favorável à cultura - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Com área de 1,7 milhão de hectares nesta safra em Mato Grosso do Sul, preços até 32% maiores e exportação recorde, o milho deverá ser o rei do mercado mundial de grãos neste ano. Sexto principal produto na pauta de exportações do Estado, o cereal teve crescimento de 431,85% nas vendas externas no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

 

Na prática, a receita com as vendas externas do milho saltou praticamente cinco vezes, saindo de US$ 7,591 milhões, de janeiro a março de 2017, para US$ 40,374 milhões no mesmo período deste ano. O volume comercializado do produto para o exterior também apresentou aumento semelhante, avançando de 46,156 mil toneladas para 244,881 mil toneladas (+431,85%).

 

No País, as exportações do grão no mês de março tiveram alta de 9,6% sobre o mesmo período em 2017, pela média diária. No mês, as importações totalizaram US$ 13,8 bilhões, com acréscimo de 16,9% sobre o mesmo período do ano passado. O milho foi um dos itens na lista que teve recorde de exportação. Segundo o Mdic, em 2017, o Brasil exportou um total de 29,25 milhões de toneladas de milho.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora de Naviraí será homenageada nesta quarta em Brasília
TSE rejeita ação do PT para cassar Bolsonaro e Mourão
Copasul 40 anos - Grande evento reuniu cooperados e fundadores em Naviraí
Untitled Document