Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2018
06 de ABRIL de 2018 | Fonte: G1

Defesa de Lula entra com novo habeas corpus

Sérgio Moro expediu ordem de prisão nesta quinta-feira (5), após autorização do TRF-4. O argumento da defesa é que ainda há recursos a serem apresentados junto ao tribunal.
Defesa de Lula entra com pedido de habeas corpus no STJ após Moro ordenar prisão (Foto: Divulgação)

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram na noite desta quinta-feira, dia 05 de abril, com um novo pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça, informou a assessoria do Instituto Lula. O argumento é que o juiz Sérgio Moro, que determinou a ordem de prisão de Lula, "contraria" decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Pela decisão de Moro, Lula precisa se apresentar até as 17 horas desta sexta-feira (6) à Polícia Federal em Curitiba.

 

Em nota enviada antes de entrar com o recurso, a defesa de Lula condenou a decisão do juiz Moro. "A expedição de mandado de prisão nesta data contraria decisão proferida pelo próprio TRF-4 no dia 24 de janeiro, que condicionou a providência - incompatível com a garantia da presunção da inocência - ao exaurimento dos recursos possíveis de serem apresentados para aquele Tribunal, o que ainda não ocorreu", diz o texto.

 

"A defesa sequer foi intimada do acórdão que julgou os embargos de declaração em sessão de julgamento ocorrida no último dia 23/03. Desse acórdão ainda seria possível, em tese, a apresentação de novos embargos de declaração para o TRF-4”, conclui o comunicado.

 

Lula passou a noite desta quinta-feira (5) e a madrugada desta sexta (6) na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, com lideranças do PT após ter a ordem de prisão expedida pelo juiz federal Sérgio Moro. Segundo o pedido, Lula deve se entregar até as 17h desta sexta à Polícia Federal em Curitiba. O juiz vetou o uso de algemas "em qualquer hipótese" (leia a íntegra do despacho).

 

Durante a madrugada, pouco antes de 1h, Lula cumprimentou os militantes que estavam no segundo andar do prédio do sindicato. Sua última aparição foi registrada às 2h, quando o ex-presidente acenou para apoiadores que permaneciam do lado de fora.



Untitled Document
Últimas Notícias
Brasileiro chefe do PCC preso em Assunção tinha ajuda de policial paraguaio
São Paulo vende 47 mil ingressos para Majestoso no Morumbi
Soja responde por 16% das exportações brasileiras no semestre
Untitled Document