Untitled Document
DOMINGO, 23 DE SETEMBRO DE 2018
23 de FEVEREIRO de 2018 | Fonte: Lance Net!

Em treino com 12 mil torcedores, Carille saca atacante e escala Timão com três mudanças para o Dérbi

Técnico confirmou o time para o duelo contra o Palmeiras neste sábado na Arena. Maycon entra na lateral esquerda, Gabriel e Jadson voltam. Sobrou para Júnior Dutra
Treino na Arena Corinthians nesta sexta-feira (Foto: Divulgação/Corinthians)

O Corinthians terá mudanças consideráveis para o clássico deste sábado contra o Palmeiras, às 17h, na Arena Corinthians. Após treino aberto na Arena Corinthians, com a presença de aproximadamente 12 mil torcedores, o técnico Fábio Carille confirmou o time com: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel, Renê Júnior, Jadson e Rodriguinho; Clayson e Romero. 

 

Com relação ao duelo com o Red Bull Brasil, na última segunda-feira, são três alterações. Maycon no lugar de Juninho Capixaba e os retornos de Gabriel e Jadson, nos lugares de Camacho (negociado com o Atlético-PR) e Júnior Dutra. O esquema, pelo que disse Carille, deve continuar sendo o 4-2-3-1, com Jadson aberto pela direito e Romero mais adiantado, na função de Dutra. 

 

- O objetivo é ficar mais com a bola. Tentei, deixei claro que ia tentar o 4-1-4-1, me deu uma boa perspectiva na Flórida do que vi, no Paulistão as coisas não aconteceram como eu queria. Então volto com Jadson para a gente ficar mais com a bola, Renê que tem uma qualidade técnica muito grande, com Rodriguinho. A ideia é ficar com a bola. - explicou Carille após o treino. 

 

O treinador também explicou a escolha por Maycon no lugar de Juninho Capixaba, que vinha sendo titular, mas sem convencer. Ele fez gol contra no empate por 1 a 1 com o Red Bull na última segunda.

 

- A gente tem que ter muita paciência. Juninho é um garoto, com poucos jogos pelo Bahia, com muita qualidade. Volto a falar o que falei na semana: lembro de Uendel que chegou experiente da Ponte e ficou um ano e meio no banco do Fábio Santos, Arana que trabalhou em 2015 e 2016 para jogar em 2017, Castán que veio e ficou no banco um ano, Paulinho que ficou no banco...Esse processo é importante para entender o que é Corinthians. Juninho chegou, é nítido que sentiu, mas tem muita qualidade. Vamos dar um respiro para ele, uma preservada, mas daqui a pouco ele volta a ter suas oportunidades. - afirmou Carille.

 

O Corinthians tenta se reabilitar após obter duas derrotas e um empate nos últimos três jogos. Será o segundo clássico do time no Paulista: venceu o São Paulo por 2 a 1.



Untitled Document
Últimas Notícias
Capital e Dourados sediam festival paralímpico
Bolsonaro critica 'oportunismo político' em post
Cinco PRFs de MS são presos por ligação com cigarreiros
Untitled Document