Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2018
31 de JANEIRO de 2018 | Fonte: Campo Grande News

MS processou 43 milhões de toneladas de cana nesta safra

Embora esteja 5% menor que no mesmo período do ano passado, volume está dentro das expectativas da Biosul.

As usinas de Mato Grosso do Sul processaram 43,650 milhões de toneladas de cana-de-açúcar desde o início da safra, em abril do ano passado, até a primeira quinzena de janeiro, cerca de 5% a menos do que no mesmo período do ano passado segundo a Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

Resultado de imagem para COLHEITA DA CANA
Colheita de cana-de-açúcar (Foto: Divulgação)

O presidente da entidade, Roberto Hollanda Filho, afirma que apesar do resultado, o volume de moagem está dentro das expectativas, já que não haviam sido projetados grandes percentuais de crescimento para os setor este ano. “ A safra fica estável este ano, já que nessa mesma época em 2017 haviam sido moídas 50 milhões de toneladas”.

 

Até o momento foram produzidas no estado 1,5 milhão de toneladas de açúcar e 2,5 bilhões de etanol. “Também estamos dentro da nossa expectativa. A produção de açúcar está abaixo porque teve geada no inverno passado”, comenta Hollanda Filho.

 

Segundo ele, Mato Grosso do Sul tem 800 mil hectares de plantações de cana e mais de 70% do que é colhido vai para a produção de etanol. A produção desse combustível é priorizada porque tem maior rentabilidade em comparação com o açúcar.

 

O presidente da Biosul acrescenta ainda que o estado ainda está na fase de colheita da safra 2017/2018, que termina no dia 31 de março. O atraso se deu principalmente pelas chuvas, que atrapalharam os trabalhos no campo.

 

“Como choveu no começo da safra, as usinas que normalmente terminariam o processo nessa época do ano ainda tinham cana. Tem unidades ao norte e sul do estado que ainda estão moendo”, afirma.

 

Dados regionais – As usinas de todo o Centro-Sul do país moeram 583,56 milhões de toneladas até o dia 15 de janeiro, defasagem de 10 milhões de toneladas em relação ao mesmo período da safra 2016/2017 segundo a Unica (União da Indústria da Cana-de-açúcar)

 

Somente na primeira metade de 2018, foram processadas 166,42 mil toneladas . Trata-se do menor volume para essa quinzena dentro do comparativo histórico dos 10 últimos anos. Nos 15 primeiros dias de janeiro de 2017, por exemplo, o processamento de cana totalizou 1,18 milhão de toneladas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Supermercados Chama lançam promoção do Dia das Mães
Zé Teixeira intercede por construção de rotatória em rodovia de MS
Zeca retira ação contra o Santos, que fecha com o Inter troca por Sasha
Untitled Document