Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2018
19 de DEZEMBRO de 2017 | Fonte: Assessoria

Aluno do Sesi ganha bolsa de estudos em três universidades dos Estados Unidos

Estudante Marcos Vinícius Martins Pires (Foto: Divulgação)

Aos 18 anos, o estudante Marcos Vinícius Martins Pires, aluno da Escola do Sesi de Três Lagoas, pode escolher entre três das mais renomadas instituições de ensino superior dos Estados Unidos: Louisiana College, na cidade de Pineville, no Estado de Louisiana, University of Tennessee, em Knoxville, e Bryan College, em Dayton, ambas no Estado do Tennessee.

 

Ele cresceu no município de Três Lagoas, onde chegou aos 10 anos de idade, acompanhado de outros dois irmãos, da mãe e do pai, que conseguira um emprego em uma indústria de celulose. Desde então, estudou na Escola do Sesi e, articulado com o Ensino Médio, Marcos Pires também cursou o Ensino Profissionalizante do Senai, fazendo o curso de automação industrial.

 

A educação de qualidade aliada ao talento de Marcos Pires para o futebol atraiu a atenção de olheiros das três universidades norte-americanas, que escolheram o jovem entre outros 350 candidatos para ganhar uma bolsa de estudos e cursar todo o Ensino Superior enquanto joga pelo time da instituição que ele escolher estudar.

 

Para passar pela peneira, ele viveu com outros jovens um período de imersão nos Estados Unidos e teve os conhecimentos básicos testados, especialmente nas áreas de inglês, para assegurar que teria condições de acompanhar professores falando durante as aulas no idioma norte-americano, e em informática, base do curso escolhido - Engenharia de Software.

 

“Hoje vejo como foi importante para mim ter uma boa educação desde pequeno. Na escola aprendi inglês e no curso de automação industrial tive um bom conhecimento de programação, computação, uma área que sempre gostei. Lá eles analisam uma série de fatores, da técnica no esporte ao comportamento no campo, ter espírito esportivo e pensar coletivamente. São coisas que, sem dúvida, aprendi na Escola do Sesi, convivendo com os meus amigos e professores. Tudo que aprendi na vida foi no Sesi e no Senai. Percebi isso porque, durante a temporada que passei lá, nas aulas que assistimos tudo que vi lá já tinha aprendido aqui”, contou Marcos Pires.

 

Agora, o jovem deverá fazer outra prova para testar o inglês. “Normalmente, o estudante precisa fazer 120 pontos, mas como sou bolsista preciso alcançar a metade deste score”, explicou o aluno da Escola do Sesi, como quem já tem o inglês na ponta da língua. “Estou bem tranquilo quanto a esta prova porque estou preparado e venho aprimorando bastante o meu inglês”, garantiu.

 

Marcos Pires concluiu o Ensino Médio na Escola do Sesi em dezembro de 2016 e passou o primeiro semestre de 2017 se preparando para a seletiva. Hoje, aguarda algumas documentações necessárias para conseguir o visto de estudante enquanto não faz a prova.

 

A família de Marcos Vinicius agora tenta se organizar financeiramente para conseguir enviá-lo o quanto antes para os Estados Unidos porque, apesar da bolsa de estudos, os custos com alimentação e taxa do alojamento da universidade ficam por conta dele. Também há muitas despesas com passagens e deslocamento para organizar a documentação e visto.

 

Serviço

Interessados em ajudar de alguma forma podem entrar em contato com a Escola do Sesi de Três Lagoas pelo site www.sesims.com.br ou pelo telefone 0800-723-7374.



Untitled Document
Últimas Notícias
Avaí vence e elimina o Corinthians
Agronegócio exporta 16% a mais em MS
Assaltante faz idosa refém durante fuga em MS
Untitled Document