Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
22 de NOVEMBRO de 2017 | Fonte: Agência Brasil

PGR recorre ao Supremo para garantir prisão de deputados da Alerj

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou ontem (21/11) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que revogou a prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. A ação levará a Corte a decidir sobre o caso definitivamente, porque a Justiça Federal julgou a questão no início da tarde e restabeleceu a prisão dos parlamentares.

 

De acordo com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a Alerj descumpriu ilegalmente uma decisão judicial. Ainda segundo a procuradora-geral, a Casa Legislativa desrespeitou os princípios do devido processo legal e da separação dos Poderes.

 

Mais cedo, os desembargadores do TRF consideraram que a assembleia extrapolou suas competências constitucionais, ao ordenar a libertação dos três parlamentares, após votação na última sexta-feira (17/11). Os três já estão presos novamente.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sesi destaca melhoria na gestão de SST com eSocial
Chuva desacelera ritmo da moagem de cana na segunda quinzena de setembro
Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia, diz presidente do STF
Untitled Document