Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
14 de NOVEMBRO de 2017 | Fonte: G1-MS

Mulher é detida por manter filhote de arara-canindé em cativeiro

PMA recebeu denúncia anônima e encontrou ave em residência em Camapuã. Mulher vai responder por crime ambiental e foi multada em R$ 5 mil.
Filhote de arara-canindé foi apreendido pela PMA em residência em Camapuã (Foto: PMA/Divulgação)
Filhote de arara-canindé foi apreendido pela PMA em residência em Camapuã (Foto: PMA/Divulgação)

Uma mulher de 52 anos foi detida e multada na segunda-feira (13), por manter um filhote de arara-canindé em cativeiro, em Camapuã, a 126 quilômetros de Campo Grande.

 

De acordo com a Polícia Militar Ambiental (PMA), os agentes receberam a denúncia anônima de que a mulher estaria criando a ave em casa ilegalmente.

 

A PMA foi ao endereço e confirmou a informação. A mulher foi levada à delegacia de Polícia Civil onde o caso foi registrado. Ela foi autuada administrativamente, recebeu multa de R$ 5 mil e vai responder por crime ambiental.

 

A arara foi encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) de Campo Grande.



Untitled Document
Últimas Notícias
Fiems disponibiliza treinamento sobre gestão de SST na era do e-Social para as indústrias
Maioria do STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares
Novo texto da reforma mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres
Untitled Document