Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
06 de NOVEMBRO de 2017 | Fonte: Globo Esporte

Técnico do Palmeiras diz que resultado do Dérbi foi injusto e reclama da arbitragem

Na opinião de Alberto Valentim, gol impedido de Romero foi determinante para derrota alviverde.
Alberto Valentim reclama de gol impedido de Romero (Foto: Globo.com)

A primeira derrota de Alberto Valentim no comando do Palmeiras desde que assumiu o lugar de Cuca teve influência direta da arbitragem. Ao menos foi o que disse o técnico interino depois de perder por 3 a 2 para o Corinthians, neste domingo, em Itaquera, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Um jornalista perguntou se o resultado havia sido justo e se o Palmeiras não teria perdido caso a atuação da arbitragem fosse diferente. Valentim respondeu:

 

– Não pela atuação da arbitragem, pelo erro do primeiro gol. Muda todo um jogo. Esse erro da arbitragem, de um impedimento muito, muito impedimento, mexeu no placar. Naquele momento, estava 0 a 0.

 

Diante da insistência se o resultado havia sido justo, o técnico interino do Verdão completou:

– Não, para mim, não foi justo porque teve um erro de arbitragem nesse 0 a 0.

 

Além do lance do primeiro gol corintiano, Valentim falou a respeito do momento em que o volante Gabriel, após deixar o campo para ser atendido, volta sem a autorização da arbitragem.

 

– Eu perguntei ao quarto árbitro: "Mas como pode um jogador entrar sem ser autorizado e, depois, voltar sem ser advertido?". Ele me disse: "O Gabriel se confundiu com o 'joga, joga, joga' (gesticula com as mãos, imitando o gesto que o árbitro Anderson Daronco fez autorizando Fernando Prass a cobrar o tiro de meta)". Mas não existe o jogador se confundir. Existe uma regra que o jogador, quando está fora por algum motivo, só pode voltar com autorização do árbitro. É muito simples isso.

 

Indagado sobre como estava o espírito da equipe diante do tropeço no confronto que poderia recolocar o Palmeiras no páreo pelo título, Valentim admitiu que o clima no vestiário não era dos melhores, mas destacou a reação do elenco.

 

– Os jogadores, já ali no vestiário... Partiu deles essa reação nossa. É claro que fica um gosto amargo, ninguém gosta de perder, mas eles já sabem que a gente precisa mudar a chavinha porque na quarta-feira tem um jogo muito difícil contra o Vitória.

 

Agora, Valentim acumula três vitórias, um empate e uma derrota no comando do Verdão, que caiu para a quarta posição. Na quarta, o time visita o Vitória, em Salvador, às 21h45 (de Brasíla).



Untitled Document
Últimas Notícias
Onevan acompanha Reinaldo em entrega e lançamento de obras
Líder City marca no fim e bate Feyenoord
MS projeta que Fundo de Equilíbrio Fiscal tenha adesão de 700 indústrias
Untitled Document