Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
31 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: G1-MS

Indígena é morta em aldeia e polícia encontra vestígios de agressões

Suspeita é de que o marido de 24 anos tenha cometido o crime de feminicídio.

Uma indígena de 37 anos foi encontrada morta e com a boca espumando do lado de fora do barraco na noite de segunda-feira (30/10), em uma aldeia de Dourados, região sul de Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, a vítima apresentava sinais de agressões físicas no pescoço e no tórax.

 

Conforme o registro policial, o suspeito é o marido da vítima, de 24 anos. Um vizinho disse à polícia que o jovem foi até a casa dele na noite anterior e avisou que a mulher estava passando mal. A testemunha foi até a residência ao lado e viu a vítima com a boca espumando.

 

Depois avisou a liderança da aldeia que acionou a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). O caso foi registrado como feminicídio.



Untitled Document
Últimas Notícias
Onevan acompanha Reinaldo em entrega e lançamento de obras
Líder City marca no fim e bate Feyenoord
MS projeta que Fundo de Equilíbrio Fiscal tenha adesão de 700 indústrias
Untitled Document