Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
30 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: G1-MS

Decretada prisão preventiva de professor suspeito de estupro em MS

As vítimas têm 9 e 10 anos. Ele já estava preso desde o dia 29 de setembro.

A Justiça decretou a prisão preventiva do fisioterapeuta e professor de kickboxing, de 43 anos, que é suspeito de dois casos de estupro de vulnerável em Brasilândia, na região leste de Mato Grosso do Sul.

 

As vítimas têm 9 e 10 anos. Ele já estava preso desde o dia 29 de setembro, em Três Lagoas, por conta de um mandado de prisão temporária, que era válido por 30 dias.

 

A prisão preventiva foi solicitada pela Polícia Civil de Brasilândia. Segundo o delegado responsável pelo caso, Thiago José Passos da Silva, ainda esta semana o suspeito deve ser indiciado no segundo inquérito instaurado no município.

 

O professor foi preso depois que uma menina contou à mãe que tinha sido abusada. Ele já responde à Justiça por outro caso de estupro ocorrido em 2016.

 

O delegado reiterou o pedido para que outras vítimas procurem a Polícia Civil e relatem os casos. Denúncias podem ser feitas pelo telefone da delegacia de Brasilândia, o 67 99987-9169.



Untitled Document
Últimas Notícias
Reconstrução da MS-156 avança e qualidade da obra chama atenção
Homem é preso por manter 250 canários em cativeiro
Rede Municipal de Ensino de Naviraí discute metas do PNAIC
Untitled Document