Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
10 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Globo Esporte

Grêmio começa "reconstrução" com defesa ideal no Brasileirão após quase 3 meses

Grohe, Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez até estiveram juntos em setembro, mas pela Libertadores. No nacional, não conseguem repetir formação desde 30 de julho
Geromel se recuperou de lesão muscular e vai para o segundo jogo seguido (Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação)

A tarefa dos dias sem jogos era clara ao Grêmio: recuperar as baterias e as lesões no elenco. Embora ainda não completo, o trabalho poderá recolocar lado a lado Pedro Geromel e Kannemann já no duelo com o Cruzeiro, na quarta-feira, pela 27ª rodada do Brasileirão. A dupla de zaga considerada uma das melhores do país também deve ganhar a companhia dos laterais titulares, formando assim a defesa ideal no Campeonato Brasileiro após quase três meses.

 

A última vez que todo o sistema defensivo titular atuou junto foi na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, mas pela Libertadores, no dia 20 de setembro. Pelo Brasileirão, Marcelo Grohe, Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez entraram em campo no empate em 1 a 1 contra o Santos, no dia 30 de julho, pela 17ª rodada. Desde então, pelo menos um deles ficou fora dos compromissos seguintes pelo nacional.

 

– Eu estou contente de poder jogar com ele (Geromel). Vamos tentar fazer o melhor se formos nós. O Renato ainda não revelou. Não só nós dois. Quem jogou na zaga do Grêmio fez um trabalho bom. Bruno Rodrigo, Bressan, Thyere. Tiveram a oportunidade e fizeram bem. Vamos tentar continuar fazendo o melhor para o Grêmio – disse Kannemann em entrevista coletiva.

 

Até o momento, foram 10 partidas com a formação titular no ano, entre Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil, com exceção de um jogo no qual Marcelo Grohe foi desfalque. O Grêmio contabilizou cinco vitórias, três empates e as derrotas para Corinthians e Avaí, ambas na Arena. Foram oito gols sofridos – média de 0,8 por jogo, semelhante à do Campeonato Brasileiro nas 26 rodadas (0,84). O aproveitamento neste período é de 60%.

 

No treino de segunda-feira, o auxiliar Alexandre Mendes orientou uma atividade específica para jogadores de defesa. Conversou com a dupla titular antes do trabalho para ajustar a movimentação de cobertura de ambos. Tudo para evitar uma possível falta de entrosamento e retomar a solidez atrás. A equipe tem a terceira melhor do Brasileirão, apenas atrás de Corinthians e Santos, líder e vice, respectivamente.

 

Se a defesa está formada, o Grêmio terá mudanças no setor ofensivo. Ramiro e Luan ainda não estão disponíveis. Portanto, desfalcam a mecânica de jogo na frente. A tendência é que a equipe entre em campo às 21h45 de quarta-feira, na Arena, para enfrentar o Cruzeiro com: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Arthur, Jailson, Fernandinho, Léo Moura (Patrick) e Everton; Barrios. O elenco faz o último treino na tarde desta terça, com portões fechados. O Tricolor é terceiro colocado, com 46 pontos.



Untitled Document
Últimas Notícias
Lideranças evangélicas se reúnem em Campo Grande
Pai e filho são levados para delegacia ao trocarem socos por conta de crack
Preço do gás em MS sobe 5 vezes mais que a inflação
Untitled Document