Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2017
13 de JULHO de 2017 | Fonte: Agência ALMS

Indicação de Amarildo Cruz pede emissão de RG para indígenas acampados na capital

Segundo o deputado estadual, 65 famílias da etnia Terena estão há dez anos acampados no local, aguardando serem contempladas com o Programa de Habitação de Campo Grande.

Na manhã desta quinta-feira (13/07), o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) solicitou ao Comitê Gestor Estadual para Erradicação do Sub-Registro Civil de Nascimento e Acesso à Documentação Básica - Ceesrad/MS, e à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho - SEDHAST, a emissão de Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI) e Registro Geral (RG) de 25 indígenas, instalados no Acampamento "Estrela da Manhã", localizado no Bairro Noroeste, em Campo Grande.

Deputado Amarildo Cruz, 2º secretário da ALMS (Foto: Chileno/ALMS)

De acordo com o parlamentar, 65 famílias da etnia Terena estão há dez anos acampados no local, aguardando serem contempladas com o Programa de Habitação do município.

 

"Essas famílias estão há anos esperando serem atendidas com uma casa popular, porém, 25 pessoas desse grupo não possuem documentação necessária para se inscrever no programa de habitação. Além disso, o RG é um documento indispensável parta qualquer cidadão", falou o deputado. (**Texto: Evllyn Rabelo)



Untitled Document
Últimas Notícias
Traficantes saem da Rocinha por temor de rivais
Corumbá recebe aporte de R$ 43 mi para obras
Barrios reconhece dificuldade contra o Botafogo e nega falta no lance do gol
Untitled Document