Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO DE 2017
19 de JUNHO de 2017 | Fonte: Agência ALMS

Escolas devem realizar campanhas educativas e debates contra o machismo

As escolas do MS deverão promover ações pelo fim das práticas fundamentadas na crença da inferioridade das mulheres e na sua submissão ao sexo masculino.
Pedro Kemp é o autor da lei que entrou em vigor nesta segunda-feira (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Entrou em vigor nesta segunda-feira (19/06), a Lei 5.011, de autoria do deputado Pedro Kemp (PT), que dispõe sobre a valorização das mulheres e o combate ao machismo na Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul. As escolas deverão promover ações pelo fim das práticas fundamentadas na crença da inferioridade das mulheres e na sua submissão ao sexo masculino.

 

A nova norma estabelece como diretrizes a capacitação da equipe pedagógica e dos demais trabalhadores em educação e a promoção de campanhas educativas que coíbam a prática de machismo e atos de agressão, discriminação, humilhação, intimidação, constrangimento ou violência contra as mulheres.

 

Ainda determina a realização de debates e de reflexões sobre o papel historicamente destinado às mulheres que estimulem sua liberdade e equidade e a integração com a comunidade, as organizações da sociedade civil e os meios de comunicação, tradicionais ou digitais.

 

“A nova norma não interfere na matriz curricular e certamente irá gerar frutos importantes para a sociedade, entre eles a superação da cultura machista que é grande causadora da violência contra a mulher”, destacou Pedro Kemp.



Untitled Document
Últimas Notícias
Izauri assina contrato para construção de 59 casas no Interlagos II
Empreendedores de Maracaju recebem curso de gestão financeira
Jogos entre brigadistas ocorre neste sábado na Copasul
Untitled Document