Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 21 DE AGOSTO DE 2017
06 de JUNHO de 2017 | Fonte: G1-MS

Fortes chuvas fazem Iagro prorrogar vacinação contra aftosa em 13 municípios de MS

A portaria da Iagro determinando a prorrogação foi publicada nesta terça-feira (6), no Diário Oficial do estado, mas tem efeito retroativo a 31 de maio.
Vacinação contra a febre aftosa foi prorrogada para alguns municípios do Planalto e Zona de Fronteira em MS (Foto: Divulgação)

Fortes chuvas em alguns municípios de Mato Grosso do Sul, que dificultaram o manejo dos animais, fizeram a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), prorrogar por 15 dias o período de vacinação e depois o da declaração de imunização dos rebanho bovino e bubalino do estado em 13 municípios das regiões sanitárias do Planalto e de Fronteira.

 

A portaria da Iagro determinando a prorrogação foi publicada nesta terça-feira (6), no Diário Oficial do estado, mas tem efeito retroativo a 31 de maio, quando terminaria a campanha nestas duas regiões.

 

O diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, disse que apesar da decisão de prorrogar a vacinação nestes 13 municípios, que a análise prévia da campanha é muito satisfatória. Segundo ele, somando o número de animais já vacinados e cadastrados na agência, 11,5 milhões, ao de vacinas vendidas mas ainda não declaradas, 8,2 milhões de doses, se atinge cerca de 19,7 milhões de cabeças, o equivalente a 97% do rebanho sul-mato-grossense.

 

“Agora se levarmos em conta, que nos municípios onde a campanha não foi prorrogada o período de declaração ainda vai até o dia 19, e que no Pantanal a campanha vai até o dia 15, significa, que com certeza, vamos alcançar a nossa meta que é superar os 99% de cobertura dentro da etapa”, comenta.

 

Conforme a portaria publicada nesta terça, na região sanitária do Planalto a campanha foi prorrogada até 15 de junho e a declaração até 30 de junho, para os municípios de Amambai, Tacuru, Naviraí, Caarapó, Eldorado, Iguatemi, Itaquirai, Juti, Bela Vista e Porto Murtinho.

 

Na Zona de Fronteira, para Ponta Porã, Mundo Novo e Japorã, os prazos são mesmos adotados para os dez municípios do Planalto, ou seja, 15 de junho para vacinação e 30 de junho para declaração. Em trechos de Bela Vista e Porto Murtinho que estão na fronteira com o Paraguai o calendário, entretanto, é diferenciado. O período limite para imunização do rebanho vai até 30 de junho e para registro até 15 de julho.

 

O calendário do Pantanal não sofreu alterações. Permanece com prazo para vacinação até 15 de junho e para o produtor informar a Iagro, até 30 de junho.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora é agredida por aluno após expulsá-lo de sala de aula
Onevan formaliza a ministro pedido para implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
Programa Vale Renda promove ações conjuntas em Naviraí
Untitled Document