Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2017
18 de ABRIL de 2017 | Fonte: Assessoria

Educação de Naviraí implantará o Projeto Cuidar de Quem Cuida

Projeto envolverá profissionais da educação e os alunos.
Equipe debate com a gerente de Educação a implantação do projeto em Naviraí (Foto: Divulgação)

Será lançado nos próximos dias, em parceria com o CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial), o projeto "Cuidar de Quem Cuida", idealizado pelo setor de Esporte Escolar da Prefeitura de Naviraí, que tem a coordenação do professor Sergio Jacomeli e aval da Gerência de Educação.

 

A intenção deste projeto, segundo Jacomeli, surgiu em virtude de que as estatísticas comprovam que a angústia, a falta de paciência e o estado de ansiedade, são claros sinais de que a pessoa está com sua afetividade comprometida e refletem muito na educação, no desequilíbrio emocional do profissional.

 

Esse projeto se articula e é transformador envolvendo os profissionais da educação e tem duas vertentes: uma atuando diretamente com os profissionais e outra com os alunos, uma intervenção pedagógica e já pensando numa outra articulação com as universidades.

 

Professora Fátima Liuti, Gerente Municipal de Educação disse que o projeto educacional da sua gerência se adequa perfeitamente ao projeto político-administrativo do governo do município. “Estamos fazendo um resgate do ser humano que é o capital mais importante na educação, juntamente com nossos alunos. Eles são o centro de nossa atenção”, comentou a gerente.

 

Esse projeto social que vai desencadear ações de políticas públicas que vão em direção da qualidade de vida de pessoas que educam, contará com a participação dos professores da Rede Municipal, especialmente os professores de Educação Física, e o pessoal do CAPS, sendo que  a Escola Odércio de Matos foi escolhida para ser piloto.

 

A Psicóloga Luciana, que é integrante do CAPS, entende que o professor expressa as suas angústias sentidas que refletem no seu desempenho e essa parceria da saúde e da educação fornecerá o amparo suficiente em relação aos nossos pacientes do CAPS - uma troca extremamente importante para toda a sociedade. “Cuidar da saúde mental, é cuidar do corpo, do psicológico e a consequência disso, é a autoestima, motivando a pessoa a trabalhar, buscando outras situações em nossa vida”, destacou.

 

A enfermeira Érica, que também trabalha no CAPS, disse que o órgão está firme nessa parceria e que para eles é muito importante manter a saúde mental desses envolvidos na educação, para que possam estar formando mais e mais profissionais capacitados. “Queremos trabalhar para impedir que esses trabalhadores em educação cheguem a um estágio pior. A prevenção deve ser o carro chefe de toda gestão”, finalizou.



Untitled Document
Últimas Notícias
Cassems tem aprovação de 81% dos usuários do Estado, aponta pesquisa
Temer sanciona lei que permite preço diferente para cada forma de pagamento
Empresários do Estado terão 15 dias para pagar ICMS de mercadorias
Untitled Document