Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2017
04 de ABRIL de 2017 | Fonte: Correio do Estado

Alta no ICMS da carne de São Paulo favorece pecuária de MS

Fim da isenção para produto em SP deve ajudar a equilibrar cadeia produtiva

O fim da isenção do Imposto sobre Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a carne no estado de São Paulo pode favorecer, mesmo que indiretamente, o mercado da carne sul-mato-grossense. Conforme o secretário de Estado da Fazenda, Márcio Monteiro, o fim da isenção ajudará a equilibrar os dois estados, do ponto de vista tributário.

 

“Essa mudança na tributação do estado de São Paulo torna, de certa forma, o nosso Estado ainda mais competitivo. Hoje, nós já temos melhor competitividade não só pela qualidade da carne como também pela logística, que outros estados produtores não têm. Estamos mais próximos do mercado consumidor, e agora, somando-se a tudo isso, o fato de o estado de São Paulo cobrar o ICMS também coloca a nossa carne, do ponto de vista tributário, mais equilibrada”, explicou.

 

O decreto, assinado pelo governador Geraldo Alckmin no fim do ano passado, entrou em vigor no sábado e afeta tanto o comércio varejista, que vai recolher 11%, quanto frigoríficos, 4% de imposto. A isenção sobre o alimento ocorria desde setembro de 2009 e o término ocorre em um momento conturbado para o setor, que ainda tenta se recuperar dos impactos gerados na imagem da carne brasileira após a operação Carne Fraca, da Polícia Federal.



Untitled Document
Últimas Notícias
Encontrada ossada de jovem sumido há quase 1 ano em Naviraí
Audiência subsidia projeto de lei que determina avaliação em academias
Naviraí terá casamento comunitário em outubro
Untitled Document