Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 28 DE JUNHO DE 2017
01 de MARÇO de 2017 | Fonte: Campo Grande News

Fiscais fazem treinamento para combater gripe aviária em MS

Vinte fiscais que atuam em municípios onde há avicultura comercial e atuam diretamente com a sanidade avícola, receberam treinamento.

Focos de Influenza Aviária no Chile e os inúmeros focos da doença em todo o mundo no início do ano, fez com que Mato Grosso do Sul ficasse em alerta e fiscais agropecuários da Iagro (Agência de Defesa Sanitária Animal), começam a receber treinamento.

 

Todo o corpo técnico de Campo Grande, com 20 fiscais que atuam em municípios onde há avicultura comercial e atuam diretamente com a sanidade avícola, receberam treinamento.

 

O serviço de defesa sanitária já realiza ações que visam a proteção do plantel avícola, como exemplo, estudo realizado em 2015 para verificar a presença do vírus nas granjas comerciais, intensificação das fiscalizações de pessoas e cargas nos portos e aeroportos, colheitas de materiais nos sítios de aves migratórias no pantanal sul-mato-grossense e atualmente iniciará treinamentos de técnicos das empresas integradoras, produtores e funcionários dos aviários.

 

Exportação e economia

O relatório da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) de 2015, aponta que o Brasil exportou 4.304 mil toneladas de carne de frango, o que representa receita histórica de 7.1 bilhões de dólares.

 

Deste total, Mato Grosso do Sul representa 4,02% das receitas de exportação. Este seria parte do prejuízo com a presença da doença, pois não estão contabilizados os gastos com ações de controle do surto da doença que são estimados, segundo pesquisas, em milhões de dólares.

 

O alerta se faz porque a presença do vírus nos aviários provocaria um grande prejuízo econômico, uma vez que são criados embargos imediatos para exportação.

 

Em 2016, segundo o departamento de pesquisas e estudos econômicos do banco Bradesco, a participação dentro do complexo de carnes exportadas, a de frango correspondeu a mais de 50%, enquanto a bovina em 35,9% e suína 13,5%.

 

A Influenza Aviária, conhecida também como gripe aviária, é uma doença provocada por vírus que quando acomete o aviário pode levar a morte todas as aves em poucos dias, além de ter um importante potencial zoonótico, contaminando o ser humano.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mulher é presa com meia tonelada de maconha
Saque do PIS/Pasep vai até a próxima sexta
Copa Cidade de Futsal define seus campeões em Naviraí
Untitled Document