Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE AGOSTO DE 2017
14 de FEVEREIRO de 2017 | Fonte: Assessoria

Tereza Cristina assume Frente Parlamentar da Agropecuária

Deputada assume vice-presidência e Nilson Leitão passa a presidir a FPA.

Mato Grosso do Sul e Mato Grosso assumem nesta terça-feira (14/02) o comando de uma das mais importantes frentes de apoio ao agronegócio na Câmara Federal. A deputada Tereza Cristina (PSB MS), vai assumir a vice-presidência da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que passa a ser presidida pelo deputado federal de Mato Grosso, Nilson Leitão (PSDB MT).

Teresa Cristina e Nilson Leitão assumem a FPA (Foto: Divulgação)

A Frente reúne mais de 200 deputados e dezenas de senadores ligados ao agronegócio brasileiro. São parlamentares comprometidos com a produção agrícola que atuam na elaboração de leis e na busca de soluções para os problemas que travam o crescimento do país.

 

Tereza Cristina, ao ser eleita, agradeceu a confiança dos colegas e lembrou:'' a gente sabe da responsabilidade dessa frente perante ao agronegócio brasileiro. Sei que teremos muitos embates na Câmara, mas como gosto de um bom combate, estaremos atentos aos interesses do setor que mais cresce e que já começa a ser atingido pela crise que afeta no pais.', disse a parlamentar.

 

A deputada Tereza Cristina que neste mandato também foi eleita líder do PSB na Câmara e garante que a atuação na Frente da Agropecuária representa um avanço especialmente para o estado, onde o agronegócio é a base da economia principalmente no interior. Essa é a primeira vez que uma parlamentar do estado vai integrar a diretoria da frente. O mandato da FPA vai até 2018 e pela tradição da frente, a deputada Tereza Cristina, deve ser a próxima parlamentar a presidir a FPA.

 

REPERCUSSÃO

Várias entidades ligadas ao setor do agronegócio comentaram a importância da deputada assumir a vice-presidência da frente da agropecuária na câmara. Roberto Hollanda, presidente da Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul – Biosul/MS- diz “A presença da nossa deputada Tereza Cristina na vice-presidência da FPA é fundamental.

 

Ela é uma pessoa com grande conhecimento sobre a agropecuária e que tem condições de contribuir sobremaneira para o desenvolvimento das ações parlamentares da Frente. A Tereza conhece as necessidades do setor, está atenta às demandas do campo e sabe dar o encaminhamento apropriado a essas demandas para que o agronegócio consiga avançar de maneira sustentável, contribuindo para o crescimento do Brasil."

 

Quem também reconhece a importância do desafio é Christiano Bortolotto, presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS)."O Mato Grosso do Sul passou em poucos anos de um papel irrelevante para o quarto maior Estado brasileiro na moagem de Cana-de-açúcar, um crescimento vigoroso que ajudou e ajuda a mudar a economia de nosso Estado.

 

A deputada Tereza Cristina tem papel importante nessa trajetória. Como Secretária Estadual de produção, foi firme apoiadora desse progresso. Na Câmara Federal, em pouquíssimo tempo, Tereza Cristina se destacou. A capacidade de articulação, preparo técnico e uma disposição incansável para o trabalho, colocam a nossa Deputada numa posição de destaque, um orgulho para o Mato Grosso do Sul. É, portanto, sem nenhuma surpresa, mas com muita alegria que a vemos assumir a vice-presidência da FPA.

 

A frente tem como objetivo estimular ampliação de políticas públicas para o desenvolvimento do agronegócio nacional. Dentre as prioridades atuais estão a modernização da legislação trabalhista, fundiária, tributária, além da regulamentação da questão de terras indígenas e áreas de quilombolas, para garantir a segurança jurídica necessária à competitividade do setor.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora é agredida por aluno após expulsá-lo de sala de aula
Onevan formaliza a ministro pedido para implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
Programa Vale Renda promove ações conjuntas em Naviraí
Untitled Document