Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 28 DE JUNHO DE 2017
07 de FEVEREIRO de 2017 | Fonte: Assessoria

Ministro pede a senador celeridade na votação da MP do Ensino Médio

Pedro Chaves assumiu o compromisso de trabalhar junto aos demais senadores para que a proposta seja incluída na pauta de votações desta semana.
Senador Pedro Chaves (PSC/MS) reunido com o ministro Padilha, Pedro Chaves (Foto: Divulgação)

O ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha, pediu nesta segunda-feira (06/02) ao senador Pedro Chaves (PSC/MS) celeridade na votação da Medida Provisória 746/2016 que trata da reforma do Ensino Médio. Chaves, que é relator da MP no Senado, assumiu com o ministro o compromisso de trabalhar junto aos demais senadores para que a proposta seja incluída na pauta de votações desta semana.

 

“O ministro  elogiou a versão final do projeto que estaremos levando à apreciação do Plenário e afirmou que o governo avaliza todas as mudanças que incorporamos na proposta inicial, entre elas a garantia de que o Ministério da Educação, por um período de 10 anos, vai destinar recursos para que os estados implementem as mudanças previstas no projeto, como a educação profissionalizante e a ampliação do número de escolas com ensino em tempo integral”, revelou o senador, após sair da audiência com Padilha no Palácio do Planalto.

 

Pedro Chaves vai tratar do assunto na reunião de líderes que terá nesta terça-feira (07/02) com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB/CE).

 

“Estou assumindo a liderança do PSC no Senado e, nessa condição, participarei da tradicional  reunião dos líderes partidários com o presidente, na qual decidimos a pauta da semana. Faremos tudo para votar logo duas MPs que estão na frente da Reforma do Ensino Médio. Na sequência, provavelmente já na quarta-feira (08/02), vamos começar a debater a reforma em Plenário”, adiantou o senador.

 

No encontro com o ministro Padilha, Pedro Chaves conversou também sobre outros temas, como a necessidade de reformular o Sistema Penitenciário Nacional, as reformas política, previdenciária e trabalhista e o estímulo à economia através de medidas como a redução da taxa de juros, a liberação das contas inativas do FGTS e a ampliação do Programa Minha Casa, Minha Vida.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mulher é presa com meia tonelada de maconha
Saque do PIS/Pasep vai até a próxima sexta
Copa Cidade de Futsal define seus campeões em Naviraí
Untitled Document